728x90 AdSpace

Magazine Luiza
  • Últimas

    Sicred Santa Rita Drogaria
    Curso de Barbeiro Promoção autos
    terça-feira, 3 de outubro de 2023

    Homicídio em Muriaé: Mulher confessa que planejou morte do marido e é presa com amante pela Polícia Civil

    Vídeo mostra momento da execução planejada pela esposa. Confira.



    A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), anunciou uma reviravolta no caso do assassinato de Cletson Júnior Freitas Braga, ocorrido em frente à Casa de Saúde em Muriaé, no domingo (1/10). As autoridades efetuaram a prisão de dois suspeitos, ambos com 31 anos de idade, após uma investigação minuciosa que revelou possíveis motivações passionais por trás do crime.

    Os investigadores iniciaram os levantamentos imediatamente após o assassinato, durante toda a madrugada do domingo. Uma pista crucial surgiu quando descobriram que a esposa da vítima havia mantido contato com o executor momentos antes da execução do crime, o que levantou suspeitas entre a equipe de investigação.

    "verificamos que a vítima não possuía nenhum desafeto, e a partir do momento que constatamos que a esposa da vítima realizou contato com o executor momentos antes da execução do crime, ainda nas proximidades da casa de saúde, voltamos nossa atenção para um eventual crime passional", disse o delegado de polícia Glaydson de Souza.


    Durante a manhã, os agentes compareceram ao velório da vítima e, após interrogar a esposa, ela confessou sua participação no assassinato, fornecendo informações cruciais que levaram à identificação do executor e de seu cúmplice.

    "Após confrontada com os elementos que já havíamos colhido, ela acabou por confessar, inclusive afirmando que já estavam tentando matar Cletson acerca de um mês, de várias maneiras, como envenenamento, falso assalto, entre outros", afirmou o delegado.

    A Polícia Civil também cumpriu dois mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados, onde foi encontrada a roupa usada pelo executor no momento do crime. O executor, no entanto, ainda está foragido, embora sua identidade já tenha sido estabelecida.

    De acordo com as investigações, o valor pago ao pistoleiro seria de R$ 4 mil, e esse dinheiro teria sido retirado das finanças da própria vítima, conforme a confissão da esposa.

    Os dois suspeitos foram encaminhados ao presídio e ficarão à disposição da justiça. O caso continua a ser investigado para obter mais detalhes sobre a localização do executor foragido.

    Confira o vídeo do momento da execução:


    Por Mídia Mineira com informações e fotos da Rádio Muriaé.

    • Comente no Site
    • Comente no Facebook

    0 comments:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Homicídio em Muriaé: Mulher confessa que planejou morte do marido e é presa com amante pela Polícia Civil Rating: 5 Reviewed By: Mídia Mineira
    Voltar para o Início