Pular para o conteúdo principal
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Morador de Leopoldina tem perna amputada e filho pede ajuda para compra de prótese

Familiares de Sílvio Bastos, 62, que mora em Leopoldina, lançaram campanha de arrecadação de fundos para comprar uma prótese para a perna direita Familiares do Sr. Sílvio Bastos, de 62 anos, residente em Leopoldina, iniciaram uma campanha de arrecadação de recursos para a compra de uma prótese para sua perna direita, amputada no início de 2020 devido a complicações relacionadas à diabetes. O filho do paciente, Jeferson, entrou em contato relatando a situação em busca de ajuda dos leitores e leitoras que acessam o jornal e informando sobre a “vaquinha”, aberta para tentar comprar a prótese. De acordo com o orçamento, datado de 7 de abril deste ano, a prótese para amputação transtibial, pé sach, encaixe em resina acrílica, reforço em carbono, sistema por pino de fixação com liner em silicone, tem o valor orçado em R$ 9.500,00. “Olá! Venho por meio deste avisar que estamos fazendo uma corrente do bem pra tentar comprar a prótese de meu pai”, escreveu Jeferson. “Meu pai veio sofrendo de di

Polícia Civil conclui caso e indicia casal por homicídio de filho de dez meses em Juiz de Fora

Criança teve morte cerebral detectada, apontando que pode ter sido vítima da síndrome do bebê sacudido (SBS).

Delegacia Regional de Juiz de Fora
Foto: Sindpol/Divulgação

A Polícia Civil de Minas Gerais concluiu nesta terça-feira (05), um caso de homicídio qualificado, prendendo um homem de 21 anos e indiciando o casal. Seu filho, uma criança de dez meses de idade, teve a morte cerebral detectada, podendo ter sido vítima de maus tratos e da síndrome do bebê sacudido (SBS), em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira.

Através de uma denúncia anônima a Polícia Civil tomou conhecimento de que uma criança estaria internada na Sta Casa de Misericórdia e que a genitora poderia também ser vítima de violência doméstica. Foi iniciado as diligências e constatado a veracidade em relação a criança, instaurando inquérito policial para apurar os fatos pela suposta prática do crime de maus tratos. 

Segundo a delegada responsável pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, Alessandra Azalim, durante as investigações, ela concluiu que diante de todos os elementos previstos nos autos, o caso se tratava de um homicídio doloso decorrente da síndrome do bebê sacudido (SBS), e diante disso, foi representado peça prisão preventiva do casal, sendo deferido pela Justiça, e cumprido nesta terça-feira, prendendo o pai da criança. “O casal poderá responder pelo crime de homicídio doloso qualificado, em razão dos maus tratos que essa criança havia sofrendo e a mãe poderá responder também por omissão”, finalizou a delegada.

O homem se encontra preso e o caso foi direcionado para o Tribunal do Júri, ficando a disposição da Justiça.



Fonte: Polícia Civil de Minas Gerais

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui