Pular para o conteúdo principal
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Morador de Leopoldina tem perna amputada e filho pede ajuda para compra de prótese

Familiares de Sílvio Bastos, 62, que mora em Leopoldina, lançaram campanha de arrecadação de fundos para comprar uma prótese para a perna direita Familiares do Sr. Sílvio Bastos, de 62 anos, residente em Leopoldina, iniciaram uma campanha de arrecadação de recursos para a compra de uma prótese para sua perna direita, amputada no início de 2020 devido a complicações relacionadas à diabetes. O filho do paciente, Jeferson, entrou em contato relatando a situação em busca de ajuda dos leitores e leitoras que acessam o jornal e informando sobre a “vaquinha”, aberta para tentar comprar a prótese. De acordo com o orçamento, datado de 7 de abril deste ano, a prótese para amputação transtibial, pé sach, encaixe em resina acrílica, reforço em carbono, sistema por pino de fixação com liner em silicone, tem o valor orçado em R$ 9.500,00. “Olá! Venho por meio deste avisar que estamos fazendo uma corrente do bem pra tentar comprar a prótese de meu pai”, escreveu Jeferson. “Meu pai veio sofrendo de di

Ação combate a pirataria e apreende mais de 2 mil peças de roupas falsificadas em Muriaé

Operação “Cartoon” foi deflagrada na cidade da Zona da Mata mineira, visando coibir a reprodução não autorizada de marcas, após investigações.



A Polícia Civil de Minas Gerais realizou, na manhã desta terça-feira (31/8), a operação “Cartoon”, no município de Muriaé, na Zona da Mata mineira, visando combater a pirataria, sobretudo a reprodução não autorizada de marcas - de roupas falsificadas. A ação foi possível, em meio a trabalhos investigativos realizados pela Delegacia de Defraudações da 4ª Delegacia Regional, após apresentação de notícia-crime por parte de um grupo de empresas de entretenimento, controladoras e titulares de direitos de propriedade intelectual de suas criações literárias, televisivas, cinematográficas, entre outros. No total, a manobra resultou na apreensão de mais de duas mil peças de roupas falsificadas, entre elas, mais de mil contendo estampas com criações pertencentes ao grupo sem a devida autorização. 

Também foram arrecadadas outras peças suspeitas de irregularidade pertencentes a outras marcas e cerca de dez telas que seriam utilizadas para fazer estampas, durante cumprimento de três mandados judiciais de busca e apreensão domiciliar em sedes de confecções de roupas. “De acordo com a Lei 9.279, de 1996, Lei de Propriedade Intelectual, comete crime quem reproduz, sem autorização do titular, no todo ou em parte, marca registrada, ou a imita de modo que possa induzir confusão”, destaca o delegado Fábio Correia do Nascimento, complementando que as apurações prosseguem visando à responsabilização dos investigados pela prática do crime.

A ação foi desencadeada por policiais civis da Delegacia de Defraudações, com o apoio de policiais civis da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil em Muriaé. Além disso, o represente legal do grupo de empresas também acompanhou os levantamentos auxiliando no trabalho técnico.

Fonte: Polícia Civil de Minas Gerais

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui