Após denúncia MP irá apurar descumprimento de protocolo na vacinação contra a Covid-19 em Cataguases

Vereador Rafael Moreira solicitou nome das pessoas que foram vacinadas, mas não foi atendido A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Cataguases, por meio da Promotora de Justiça Amanda Merlini Dutra Osipe, instaurou procedimento para apurar eventual descumprimento dos Planos Nacional e Estadual de Vacinação contra a Covid-19, pelo Município de Cataguases nesta sexta-feira (22). Conforme Nota Pública daquela procuradoria, enviada para a redação do Site Mídia Mineira, o objetivo de tal procedimento será apurar se pessoas que não se enquadram no grupo prioritário eleito pelas autoridades  sanitárias foram beneficiadas com a imunização. Confira a nota na íntegra no final da matéria. A administração terá 24 horas para enviar os seguintes documentos: Encaminhar a relação de pessoas que já foram ou serão imunizadas, indicando o nome completo e qual o grupo prioritário pertence; Informar quantas doses foram destinadas a cada grupo prioritário; Explicar se foi possível vacinar todos os idosos

Prefeitura esclarece motivo da falta de água na região do Santa Clara

Copasa deverá normalizar situação ainda neste sábado

Foto: Prefeitura de Cataguases / Divulgação

O Site Mídia Mineira recebeu nos últimos dias, diversas reclamações de moradores dos bairros São Marcos, Santa Clara e São Pedro, em relação ao desabastecimento de água nestes locais.

Em nota, a Prefeitura de Cataguases esclareceu que o motivo da falta d'água nestes bairros se deve ao fato de que a Copasa precisou fechar o abastecimento em uma adutora que abastece os bairros que ficam acima do bairro Ibraim, local onde está sendo realizada uma grande obra de infraestrutura. O fechamento foi necessário para que as aduelas (grandes peças pré-moldadas em concreto armado), que serão colocadas próximas da adutora, sejam instaladas sem um risco maior para o abastecimento da população.

Ainda segundo a nota, a Copasa informou que o abastecimento deverá retornar a partir das 15 horas deste sábado (12/09).

O Site Mídia Mineira também questionou junto a diretoria da Copasa sobre o assunto, mas até o fechamento desta matéria, ainda não obtivemos resposta.

Confira abaixo a nota da Prefeitura de Cataguases na íntegra:
Com relação ao desabastecimento de água do bairro São Marcos, a Prefeitura de Cataguases esclarece que na obra da entrada do Ibrahim passa uma adutora que abastece todos os bairros deste ponto em diante. A adutora está sendo desligada durante o dia para execução dos serviços e ligada depois das  17 horas para abastecimento dos reservatórios da Copasa e das caixas d'água de todos os moradores e desligada novamente às 7 horas da manhã do dia seguinte. O problema do bairro São Marcos é porque a ligação é direta sem ter o reservatório. O pedido da Prefeitura que foi feito há mais de 20 dias para execução da obra era para desviar a rede de lugar. A obra inclusive teve alguns dias paralisados por causa desse problema. A rede da Oi que se encontra do outro lado que estava enterrada foi totalmente removida e passado aéreo a pedido da Prefeitura também. As aduelas hoje já devem estar passando por baixo da tubulação da Copasa. A Copasa, por meio do engenheiro Lúcio, informou que vai ser feita uma ancoragem nas aduelas e que a partir das 15 horas religa a adutora e não vai mais precisar desligar. Portanto, a partir deste sábado, dia 12, às 15 horas, o problema estará solucionado, segundo a Copasa.

Comentários

  1. O bairro Beira Rio também está com falta de água a três dias.

    ResponderExcluir
  2. A reportagem fala em normalização as 15:00, mas, são quase 17 horas e ainda nada. Portanto mais um lorota pra população.

    ResponderExcluir
  3. A água só foi religada às 1:25 da manhã deste Domingo, dia 13. Ficamos o dia inteiro sem água. A falta de água também estava atingindo boa parte do bairro beira rio.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases