Após denúncia MP irá apurar descumprimento de protocolo na vacinação contra a Covid-19 em Cataguases

Vereador Rafael Moreira solicitou nome das pessoas que foram vacinadas, mas não foi atendido A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Cataguases, por meio da Promotora de Justiça Amanda Merlini Dutra Osipe, instaurou procedimento para apurar eventual descumprimento dos Planos Nacional e Estadual de Vacinação contra a Covid-19, pelo Município de Cataguases nesta sexta-feira (22). Conforme Nota Pública daquela procuradoria, enviada para a redação do Site Mídia Mineira, o objetivo de tal procedimento será apurar se pessoas que não se enquadram no grupo prioritário eleito pelas autoridades  sanitárias foram beneficiadas com a imunização. Confira a nota na íntegra no final da matéria. A administração terá 24 horas para enviar os seguintes documentos: Encaminhar a relação de pessoas que já foram ou serão imunizadas, indicando o nome completo e qual o grupo prioritário pertence; Informar quantas doses foram destinadas a cada grupo prioritário; Explicar se foi possível vacinar todos os idosos

Polícia Militar de Leopoldina prende mulher que transportava ecstasy para Rodeiro


Uma mulher de 25 anos foi presa após ser flagrada com 6 invólucros de ecstasy em uma batida policial na BR-116 em Leopoldina. 

Segundo a Polícia Militar, uma denúncia anônima informando que uma mulher estaria se deslocando de carona em um caminhão até a cidade de Rodeiro com drogas em sua bolsa, motivou uma operação na BR-116 em Leopoldina. A abordagem ao veículo aconteceu nas primeiras horas desta terça-feira (16). Durante vistoria na bolsa de mão da mulher foram encontrados 6 invólucros plásticos contendo substância análoga a ecstasy, já embalada e pronta para uma eventual venda.  

A autora foi presa e conduzida juntamente com os entorpecentes à Delegacia de Polícia.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases