Após denúncia MP irá apurar descumprimento de protocolo na vacinação contra a Covid-19 em Cataguases

Vereador Rafael Moreira solicitou nome das pessoas que foram vacinadas, mas não foi atendido A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Cataguases, por meio da Promotora de Justiça Amanda Merlini Dutra Osipe, instaurou procedimento para apurar eventual descumprimento dos Planos Nacional e Estadual de Vacinação contra a Covid-19, pelo Município de Cataguases nesta sexta-feira (22). Conforme Nota Pública daquela procuradoria, enviada para a redação do Site Mídia Mineira, o objetivo de tal procedimento será apurar se pessoas que não se enquadram no grupo prioritário eleito pelas autoridades  sanitárias foram beneficiadas com a imunização. Confira a nota na íntegra no final da matéria. A administração terá 24 horas para enviar os seguintes documentos: Encaminhar a relação de pessoas que já foram ou serão imunizadas, indicando o nome completo e qual o grupo prioritário pertence; Informar quantas doses foram destinadas a cada grupo prioritário; Explicar se foi possível vacinar todos os idosos

Procon Cataguases promove campanha Contrato Não é Papel, Contrato tem Rosto

Os Procons de todo o país e o Procon Municipal Cataguases,  iniciaram a campanha “Contrato não é papel, contrato tem rosto”. O objetivo é orientar os consumidores sobre os seus direitos e deveres nesse momento tão delicado pelo qual estamos passando e como isso pode afetar a vida da sociedade como um todo, o que inclui consumidores, fornecedores e trabalhadores.  A iniciativa tem apoio da OAB Cataguases e CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas de Cataguases).

De acordo com Patrícia Tobias Santos, dirigente do Procon de Cataguases a idéia é, de uma forma humanizada e transparente, propiciar o diálogo entre consumidores e fornecedores, cada um mostrando suas dificuldades e através do “olho no olho”, buscarem juntos, negociações possíveis para que haja a manutenção dos contratos, sem inviabilizar tanto a sobrevivência dos consumidores quanto a continuidade da atividade econômica. 

Nos últimos dias, em razão da reconhecida pandemia pela Organização Mundial da Saúde, causada pela COVID-19, experimentamos uma série de modificações em nossas rotinas. Provamos sentimentos de medo, de tristeza, de insegurança e de a dúvida, mas principalmente redescobrimos o valor da solidariedade.

Desta forma a busca de harmonização entre consumidores e fornecedores é constante, alguns consumidores perderam renda e precisam ter seus direitos respeitados. As empresas perderam movimento, clientes, faturamento e precisam continuar de portas abertas para o sustento dos seus  funcionários e proprietários.

Relações de consumo têm rosto, história e família. Todos estão do mesmo lado. Por isso, é preciso diálogo, sensibilidade e equilibrio.

Diante de dificuldades de conciliação ou solução nos contratos, o consumidor pode enviar e-mail para procon@cataguases.mg.gov.br.

Com informações da Prefeitura de Cataguases

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases