Polícia Civil incinera cerca de 2 toneladas de drogas em Juiz de Fora

O material foi apreendido em ações realizadas pelas forças de segurança na área que compreende a 1ª Delegacia Regional em Juiz de Fora Nesta quinta-feira (4/3), a Polícia Civil de Minas Gerais incinerou cerca de 2 toneladas de drogas, tais como maconha e outras substâncias, em uma empresa situada na Zona Norte do município de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira.  O material foi apreendido em ações da PCMG e de outras instituições de segurança pública, realizadas na área que compreende a 1ª Delegacia Regional em Juiz de Fora, unidade que pertence ao 4º Departamento de Polícia Civil.  Além do titular da Delegacia de Combate ao Narcotráfico, delegado Rafael Gomes,  também acompanharam os trabalhos de incineração representantes do Ministério Público, do Judiciário e da Vigilância Sanitária. Fonte: Polícia Civil de Minas Gerais

Polícia Militar estoura boca de fumo no Menezes, prende quatro e apreende um adolescente

A Polícia Militar fechou, nesta quinta-feira (24), uma boca de fumo no bairro Menezes, em Cataguases. Uma mulher de 22 anos, outra de 44 e dois jovens de 18 anos foram presos. Um adolescente também foi apreendido e um homem de 25 anos fugiu.

Segundo informações passadas pela PM, a ação aconteceu após denúncias anônimas, dando conta do comercio de entorpecentes no bairro. Um mandado de busca e apreensão foi expedido pelo Juiz da Vara Criminal da Comarca de Cataguases em desfavor do homem de 25 anos, que seria o responsável pelo comércio das drogas no entorno da praça do bairro Menezes com auxílio de várias pessoas. A polícia então passou a monitorar o imóvel e conseguiu identificar a função de cada pessoa como guarda, endolação, venda e monitoramento da aproximação da Policia.

Os militares aproveitaram para entrar na residência e imobilizar os ocupantes no momento em que um dos indivíduos foi até um terreno baldio próximo a escola municipal Vigário Cassimiro e escondeu uma sacola com 7 pinos de cocaína, 9 porções de maconha, uma balança de precisão e uma garrucha.

Em buscas no interior do imóvel, foram apreendidos celulares e uma pequena quantia em dinheiro, além de outros objetos que provavelmente foram trocados por usuários.

No momento em que entraram no imóvel os policiais perceberam um forte odor característico de consumo de cigarro de maconha e estavam presentes neste ambiente, duas crianças, de 8 meses e 2 anos e quatro meses. O Conselho Tutelar foi acionado para a adoção das medidas cabíveis, uma vez que a mãe das crianças, de 22 anos foi presa e seu esposo, de 25 anos, suspeito de ser o principal responsável pela movimentação e morador do imóvel, não foi localizado.


Todo material apreendido bem como os presos e o adolescente foram encaminhados para a Delegacia de Plantão de Leopoldina para demais providências.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases