Pular para o conteúdo principal
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

PCMG realiza operação “Cataclisma” em Muriaé

Ação foi realizada no município da Zona da Mata mineira para combater o tráfico. Um suspeito foi preso e drogas foram apreendidas A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou, nesta quinta-feira (13/1), a operação “Cataclisma”, visando combater o tráfico de drogas no município de Muriaé, na Zona da Mata mineira. Na ocasião, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão no Bairro Padre Tiago, um suspeito de 29 anos foi preso.  Além disso, também foram apreendidos, aproximadamente, dois quilos de maconha, 41 papelotes de cocaína, R$ 112 e uma balança de precisão. Conforme informações do delegado Glaydson Souza, levantamentos da PCMG apontaram que o investigado realizava a mercancia ilícita de entorpecentes na residência dele, onde foram localizados os materiais.  O rapaz foi preso em flagrante por tráfico e conduzido até a unidade policial.  Operação “Cataclisma” De acordo com o delegado, o nome da operação faz alusão à dificuldade de acesso ao imóvel do suspeito, já que no loc

Presidente da Câmara de Cataguases decide arquivar processo de cassação do prefeito Willian Lobo no caso Innovar

O presidente da Câmara Municipal de Cataguases, Ricardo Geraldo Dias, decidiu, através de Ato Administrativo, lido na sessão ordinária desta terça-feira (2), arquivar o processo de cassação do prefeito de Cataguases, Willian Lobo de Almeida no caso da Innovar Consultoria em Medicina e Segurança do Trabalho Ltda.

De acordo com o ato, o presidente reconheceu a ocorrência do transcurso do prazo decadencial de 90 dias, previsto no Artigo 5°, inciso VII, do decreto--lei 201/67, e no Artigo 337 do Regimento Interno da Câmara Municipal de Cataguases, para conclusão do processo de cassação do prefeito Willian Lobo de Almeida, determinando o arquivamento do mesmo. Conforme o presidente justificou, o prazo para análise do processo ultrapassou 100 dias, o que não poderia ocorrer e a decisão de arquivamento compete ao presidente da Casa.

O Ato será agora encaminhado para o poder judiciário que determinou a paralisação do processo e publicado no Jornal Oficial do Município.

Comentários

  1. Atitude correta do Presidente da Câmara, parabéns pela humildade.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Anuncie Aqui Anuncie Aqui