728x90 AdSpace

Magazine Luiza
  • Últimas

    Sicred Santa Rita Drogaria
    Curso de Barbeiro Promoção autos
    sexta-feira, 1 de setembro de 2023

    Audiência Pública em Cataguases expõe péssimas condições do transporte público no município

    Representantes do Executivo que foram convidados não compareceram.



    Cataguases, 31 de agosto de 2023 -
    Na noite desta quinta-feira, 31 de agosto, a Câmara Municipal de Cataguases se tornou o epicentro de discussões sobre a Mobilidade Urbana na cidade. A audiência pública, solicitada e presidida pela vereadora Stéfany Carli (PT), atraiu uma significativa participação da comunidade, que demonstrou profunda preocupação com a qualidade do transporte público e outras questões relacionadas à mobilidade na região.

    Foto: Karla Valverde

    A vereadora Stéfany Carli, em um gesto de cooperação partidária, convidou Fernando Baesso, do Partido dos Trabalhadores, e Cláudia Cerqueira, presidente do PC do B, por suas valiosas contribuições na concepção da audiência pública. A iniciativa contou com uma mesa composta por representantes dos partidos envolvidos na organização do evento.

    Foram convidados a participar da audiência representantes do grupo Acessibilidade Já, profissionais de arquitetura da Prefeitura responsáveis pelo planejamento urbano, assim como os representantes das linhas de ônibus que operam na cidade. Além disso, as associações de moradores dos bairros: Ana Carrara, Dico Leite, Isabel Tavares, Imê Farage, Justino, Leonardo, São Vicente, Ibraim, Taquara Preta e Vila Reis, bem como os conselhos comunitários dos distritos e outros conselhos ativos em Cataguases, foram convidados a contribuir com suas perspectivas e experiências.


    Entretanto, um fato que merece destaque e que trouxe um tom de descontentamento à audiência foi a ausência de representantes do Executivo Municipal. A vereadora Carli enumerou os nomes dos convidados do Executivo que não compareceram, incluindo o secretário de Serviços Urbanos, José Alencar Pinto Farage, o assessor de projetos especiais, Ricardo Matos, a secretária de Administração, Emília de Souza Menta, o secretário de Obras, José Maria Sasso, e o ex-coordenador da CATRANS, Fabrício Zulato. Carli enfatizou que essa não é a primeira vez que a Câmara promove uma audiência pública para debater questões importantes para a população, e o Executivo se esquiva de participar.

    A vereadora assegurou à comunidade que todas as informações e demandas apresentadas durante a audiência serão levadas adiante, por meio das comissões da Casa Legislativa, requerimentos e representações junto ao Ministério Público, a fim de garantir que as questões de mobilidade urbana em Cataguases sejam tratadas com a seriedade e prioridade que merecem.

    A audiência pública foi iniciada com a exibição de vídeos contendo reclamações de moradores, que expressaram suas extremas insatisfações com o transporte público. As principais queixas incluíram o não cumprimento de horários, a ausência de linhas de ônibus em vários bairros nos finais de semana e feriados, bem como dificuldades enfrentadas por usuários que precisam ir à igreja ou à escola. Além disso, os participantes acusaram que os coletivos trafegam com o elevador para cadeirantes com defeito ou que, quando o elevador está funcionando, os motoristas alegam o contrário, ou seja, que os elevadores não funcionam corretamente.


    Acusações à CATRANS

    Durante as falas, por várias vezes os usuários disseram que levaram as reclamações à CATRANS, órgão que cuida do trânsito na cidade, mas que a mesma não resolveu e nem multou as empresas. O representante da Viação Bonança, Oder Ferreira Filho, acusou o órgão da prefeitura de perseguição, porque a sua empresa foi retirada da prestação do serviço por não estar atendendo determinados bairros, mas que após a pandemia as outras também continuam sem atender e não sofrem nenhuma sanção. Já o representante da Transporte Coletivos Leo, Sr. Romero, disse que as linhas ainda não voltaram porque a CATRANS não enviou as demandas necessárias para a empresa.

    Leia Também:

    A audiência pública deixou claro que a comunidade de Cataguases está disposta a se unir e lutar por uma mobilidade urbana mais eficiente e acessível, pressionando as autoridades a tomar medidas concretas para solucionar os problemas enfrentados pelos cidadãos.

    Por Mídia Mineira

    • Comente no Site
    • Comente no Facebook

    0 comments:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Audiência Pública em Cataguases expõe péssimas condições do transporte público no município Rating: 5 Reviewed By: Mídia Mineira
    Voltar para o Início