Amazon Prime Vídeo
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Vídeo mostrando mulher sendo decapitada causa polêmica na internet.


Um vídeo que está correndo na internet, tem causado muita polêmica, pois tem sido compartilhado livremente em sites e redes sociais de políticas rígidas com relação ao conteúdo.

Trata-se de um vídeo onde mostra um mascarado decapitando uma mulher que encontra-se amarrada.

O vídeo foi postado no youtube e compartilhado no facebook, sites conhecidos por não aceitarem vídeos e fotos de conteúdo adulto.

Muitos internautas inconformados mandaram mensagens ao facebook pedindo para que o vídeo fosse bloqueado mas obtiveram como retorno que os usuários estariam compartilhando o vídeo, para protestar contra o ato e como notícia.

O Site R7 também solicitou um comunicado oficial do Facebook e recebeu como resposta o que se segue:

“As pessoas estão compartilhando este vídeo para condená-lo. Da mesma forma como programas jornalísticos na televisão usam imagens inquietantes mostrando atrocidades, as pessoas podem compartilhar vídeos inquietantes no Facebook com o objetivo de aumentar o conhecimento sobre ações ou causas. Embora o vídeo seja chocante, nossa postura está fundamentada na preservação dos direitos das pessoas de descrever, representar e comentar sobre o mundo em que vivem.”

Não disponibilizaremos o vídeo em nosso site, por se tratar de cenas fortes, mas se você tem mais de 18 anos e não se impressiona com estas cenas, poderá encontrar o vídeo facilmente no youtube.

Comentários

  1. Deus me livre, por curiosidade uma pessoa me falou deste video, nunca mais quero ver uma cena desta na minha vida, as pessoas muitas vezes so se interessam pela imagem e o que se faz, mas não pelo que acontece, infelizmente.. Estas mortes na verdade acontece no México com as guerras de CARTEL que la existe, um dos grupos que agem com estas mortes de decapitação e membros tambem, se chama LOS ZETAS, onde tambem rola varios videos desta natureza pela internet com blogs e sites deste tipo!

    ResponderExcluir

Postar um comentário