Pular para o conteúdo principal
Unipac
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

2 de dezembro: Minas Gerais completa hoje 301 anos de emancipação

Minas começou a ganhar autonomia administrativa em 1720, quando formou uma capitania própria e foi, por muito tempo, centro econômico brasileiro Neste dia 2 de dezembro de 2021, Minas Gerais completa 301 anos de sua emancipação da capitania de São Paulo, por alvará régio do Rei Dom João V, assinado após ouvir o Conselho Ultramarino, em 2 de dezembro de 1720. Até se tornar um estado tal qual conhecemos hoje, muita coisa aconteceu. A capitania de Minas Gerais foi o primeiro passo para a autonomia administrativa de Minas e ela é resultado do desmembramento da capitania de São Paulo e Minas do Ouro.  Com a descoberta da abundância de ouro no fim do século XVII a região se tornou o centro econômico da colônia. "Minas é, durante muito tempo, um conjunto de arraiais. Eu costumo comparar Minas nesse período com um filme de faroeste. É uma terra sem lei onde não existe um aparato administrativo, que vai se instalar só por volta de 1709 e que vai se consolidar por volta de 1720", expli

Famílias carentes de Leopoldina recebem cesta de alimentos e vale gás

Lei que criou o Auxílio Emergencial Municipal foi sancionada pelo prefeito Pedro Augusto Junqueira em setembro.


O Prefeito de Leopoldina Pedro Augusto Junqueira Ferraz, sancionou em setembro, lei que concede Auxílio Emergencial temporário para famílias carentes em decorrência da crise econômica provocada pela COVID 19.

O Auxilio Emergencial, composto de uma cesta básica e um vale gás, será disponibilizado em parcela única através da Secretaria de Assistência Social. Para o prefeito, o Auxilio irá trazer acalento a população em vulnerabilidade social. “Embora o atual momento apresente sinais de melhoras econômicas e sociais, ainda temos muito a fazer. A população carente de nossa cidade precisa de atenção e ajuda. Este auxílio pretende trazer um pouco mais de alívio para uma parcela significativa do nosso povo”.

A lei teve amplo apoio da Câmara de  Vereadores. As famílias serão identificadas pelo Departamento de Assistência Social do município.

"Todas as vezes que executivo e legislativo se unem quem ganha é o povo. Prova de que diálogo e ações em prol do bem comum trazem bons resultados”, complementou o prefeito.

Fonte: Prefeitura de Leopoldina

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui