Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Polícia Civil prende segundo suspeito envolvido em morte de manicure em Muriaé

O suspeito é policial militar em Belo Horizonte.


A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, nesta terça-feira (17/8), em Belo Horizonte, um policial militar suspeito de envolvimento no homicídio da manicure Nayara Andrade Rocha, 34 anos, morta a tiros no dia 1º de junho deste ano, em Muriaé, na Zona da Mata mineira. Na ocasião, a vítima foi atingida com cinco disparos de arma de fogo por um homem que conduzia um veículo sem placas.

O militar foi preso no Batalhão onde trabalha, em Belo Horizonte, em uma ação conjunta do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), sediado na capital, com a Corregedoria da Polícia Militar. Ele ficará à disposição da Justiça Criminal da Comarca de Muriaé.

O primo da vítima, sargento da Polícia Militar e apontado como autor do crime, já havia sido preso em ação da Polícia Civil em Muriaé.

Investigação

De acordo com o inquérito, concluído e encaminhado à Justiça em agosto, o crime foi planejado e executado pelo primo da vítima, que teria fraudado diversos seguros de vida em nome dela.

Conforme apurado, o cabo preso nessa terça-feira foi quem teria auxiliado o sargento, adquirindo o veículo por meio de artimanhas para evitar a identificação deles. Para o Ministério Público, o militar, lotado em Belo Horizonte, prestou mais do que um favor ao amigo, tendo colaborado efetivamente para a trama.

Durante a apuração, a PCMG ainda descobriu que o veículo utilizado pelo executor foi adquirido em Belo Horizonte, exclusivamente para o crime. As investigações foram conduzidas pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil em Muriaé.

Fonte: Polícia Civil de Minas Gerais
 

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui