Pular para o conteúdo principal
Unipac
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Mulher é resgatada de açude em Muriaé após veículo ser carbonizado

Os policiais civis foram informados sobre a existência de um veículo carbonizado no local e, após levantamentos, conseguiram encontrar a vítima com queimaduras, dentro de um açude, no interior de uma mata. A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) resgatou, nesta quinta-feira (25/11), uma mulher que estava com queimaduras, dentro de um açude, no interior de uma mata, no município de Muriaé, na Zona da Mata mineira.  De acordo com o delegado Glaydson de Souza Ferreira, policiais civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) obtiveram informações de que havia um veículo carbonizado no distrito industrial. Ao se deslocarem até o local e realizarem levantamentos, foi possível identificar o carro. “Após horas de buscas, encontramos a vítima com queimaduras dentro de um açude, no meio da mata. Em conversa com a vítima, ela informou que se encontrava em um quadro depressivo”, informa, explicando que ela relatou que teria comprado galões de gasolina para atear fogo no próprio veícul

Prefeito de Leopoldina anuncia a construção de novo Paço Municipal

Obra está orçada em R$ 3 milhões, será financiada pelo BDMG e gerará economia de R$ 70 mil por mês em aluguéis



Em breve, Leopoldina poderá ganhar um amplo e moderno Centro Administrativo, também conhecido como Paço Municipal. Na manhã desta segunda-feira, 21, o prefeito Pedro Augusto Junqueira Ferraz se reuniu em seu gabinete com a maioria dos vereadores para apresentar a proposta de financiamento da construção da nova sede da Prefeitura.

Conforme o projeto apresentado pelo prefeito, os recursos no valor de R$3 milhões serão viabilizados através do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, o BDMG.  O novo Paço Municipal passará a ter quase a totalidade das repartições públicas  centralizadas em parte do terreno de propriedade da prefeitura que fica na rua Lucas Augusto, no centro. 

A proposta encaminhada à Câmara de Vereadores para análise ainda prevê que o financiamento tenha 18 meses de carência (período de construção da obra) e 54 parcelas com valores decrescentes, ou seja, os valores destas parcelas vão diminuindo ao longo dos meses.

Cálculos da atual gestão preveem que o novo Centro Administrativo deva economizar cerca de R$70 mil em aluguéis mensais referentes a repartições públicas espalhadas em diversos imóveis alugados em Leopoldina. O maior deles é o Athenas Shopping, na Praça Professor Botelho Reis, onde funciona a maioria das secretarias municipais. 

“Com o projeto executado, vamos reverter o valor gasto em aluguéis em prestações decrescentes do financiamento. Todas as nossas secretarias e principais repartições públicas estarão juntas em um só local. Além do investimento financeiro para o município, temos a centralização de serviços, gerando mais facilidade e rapidez no atendimento da população. Trata-se de modernizar nossa estrutura física e atender melhor os leopoldinenses”, disse o prefeito Pedro Augusto Junqueira Ferraz. 

Estiveram presentes na reunião o vice- prefeito Totonho Pimentel, o presidente da Câmara, José Augusto Cabral, os vereadores Rodrigo Pimentel, Bernardo Guedes, Gilmar Pimentel, Alexandre Badaró, Rogério Machado, Carlos André, Inezinha, Julius César e José Do Carmo. 

A proposta agora será analisada pelos vereadores.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Leopoldina

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui