Energisa utiliza helicóptero para inspeções na rede elétrica e garante agilidade em 95% dos serviços

Foram investidos R$ 180 mil para inspecionar 580 km de linhas. O compromisso da Energisa é a excelência no fornecimento de energia elétrica, serviço essencial para toda a população. Por isso, a empresa está investindo cada vez mais em tecnologia e modernizando a rede elétrica. Para agilizar as inspeções na rede, a Energisa Minas Gerais conta com equipamentos modernos e um helicóptero para inspeções visuais e termográficas aéreas nas linhas, garantindo maior rapidez. Dentro do planejamento estratégico de investimento na rede, no mês de março, foram inspecionados aproximadamente 580 km de linhas de transmissão, que interligam as subestações da área de concessão da Energisa em Minas Gerais, um investimento de cerca de R$ 180 mil. Utilizando equipamentos de alta tecnologia, com uma câmera das mais avançadas do mercado, acoplada ao helicóptero, é possível identificar, desde o estágio inicial, os locais onde ações corretivas devem ser realizadas de forma programada. A câmera de

Ação conjunta prende casal suspeito de matar e de ocultar corpo de homem em Lima Duarte

A prisão em flagrante dos investigados foi realizada por policiais civis e militares na cidade de Juiz de Fora


Na terça-feira (1/12), as Polícias Civil e Militar deflagraram uma ação conjunta que resultou na prisão em flagrante de um casal, 24 anos, suspeito de ter assassinado e ocultado o corpo de um homem de 43 anos, crime ocorrido no município de Lima Duarte, na Zona da Mata mineira. Os investigados foram localizados na cidade de Juiz de Fora.

Conforme informações do delegado José Márcio de Almeida Lopes, ontem, a Polícia Militar recebeu uma denúncia de que um casal havia matado uma pessoa e teria ocultado o corpo no fundo do quintal da residência. “A PM se deslocou até o local e, após efetuar uma busca nos fundos da casa, o corpo foi localizado. Os suspeitos evadiram do local, momentos antes. Na ocasião, uma equipe da Polícia Civil também foi ao local dos fatos e a perícia criminal realizou os levantamentos. Após a liberação, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal”, explicou.

Segundo ele, os policiais civis e militares passaram a diligenciar com o objetivo de localizar os suspeitos, que foram presos no final da tarde, na cidade de Juiz de Fora. Em seguida, o casal foi encaminhado à delegacia, onde teve a prisão em flagrante ratificada pela prática dos crimes de homicídio qualificado e de ocultação de cadáver. 

Os investigados foram conduzidos ao sistema prisional, permanecendo à disposição da Justiça. “Diligências como essa e conjuntas estão propiciando respostas rápidas a crimes violentos na cidade, com a prisão em flagrante dos autores”, concluiu o delegado.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Polícia Civil
 

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases