Energisa utiliza helicóptero para inspeções na rede elétrica e garante agilidade em 95% dos serviços

Foram investidos R$ 180 mil para inspecionar 580 km de linhas. O compromisso da Energisa é a excelência no fornecimento de energia elétrica, serviço essencial para toda a população. Por isso, a empresa está investindo cada vez mais em tecnologia e modernizando a rede elétrica. Para agilizar as inspeções na rede, a Energisa Minas Gerais conta com equipamentos modernos e um helicóptero para inspeções visuais e termográficas aéreas nas linhas, garantindo maior rapidez. Dentro do planejamento estratégico de investimento na rede, no mês de março, foram inspecionados aproximadamente 580 km de linhas de transmissão, que interligam as subestações da área de concessão da Energisa em Minas Gerais, um investimento de cerca de R$ 180 mil. Utilizando equipamentos de alta tecnologia, com uma câmera das mais avançadas do mercado, acoplada ao helicóptero, é possível identificar, desde o estágio inicial, os locais onde ações corretivas devem ser realizadas de forma programada. A câmera de

Testes no asilo Lar São Vicente de Paulo em Cataguases detectam 29 casos positivos de Covid-19

Outros 49 testes terão resultados nesta quarta-feira

Foto: Arquivo / Mídia Mineira

Vinte e nove pessoas testaram positivo para Covid-19 no asilo Lar São Vicente de Paulo, em Cataguases, na tarde desta terça-feira (11). Outras 49 pessoas fizeram o exame e aguardam o resultado amanhã.

O Site Mídia Mineira conversou com o médico Dr. Joseph Freire, presidente do Comitê Gestor da Covid-19 em Cataguases, por telefone, o qual nos informou que a entidade foi contemplada por um convênio do Governo de Minas e Banco Itaú, que além de disponibilizar material de limpeza e Equipamentos de Proteção Individual (EPI), viabilizou também 106 testes do tipo RT-PCR, sendo que 57 testes foram realizados ontem (segunda-feira, 10) todos na ala masculina e outros 49 foram realizados nesta terça-feira (11), na ala feminina.

Conforme informado pelo médico, o resultado dos testes de ontem saíram hoje, com 29 casos positivos, destes, 3 são de funcionários, todos assintomáticos e 26 de idosos residentes no asilo, sendo que 17 idosos estão assintomáticos. Os casos ainda não foram incluídos no boletim desta terça, pois o resultado saiu após o fechamento do mesmo, explicou o médico. 

Ainda conforme o Doutor Joseph Freire, 10 idosos que testaram negativo foram retirados do local por uma equipe da secretaria de Desenvolvimento social e levados para o Albergue Municipal. "Após constatar os casos, acionamos o protocolo de surto, que faz parte do plano de contingência da Covid-19, dividimos a ala masculina em duas partes, com assintomáticos de um lado e sintomáticos do outro, além de providenciarmos a remoção dos casos negativos, com a ajuda da secretaria de Desenvolvimento Social, para o albergue", disse o médico. "Os residentes do albergue também foram transferidos provisoriamente para outro local para evitar o contato", explicou a diretora da Proteção Especial, Luísa Franco.

Os resultados dos testes da ala feminina serão conhecidos nesta quarta-feira (12), podendo elevar ainda mais os casos na cidade. 

O site Mídia Mineira também apurou que outros idosos do Lar São Vicente de Paulo estão internados no Hospital de Cataguases, o número total não foi confirmado, mas fica entre dois a quatro pacientes. Eles também realizaram teste para Covid-19 e aguardam resultado.

Perguntado sobre como o surto ocorreu no asilo, fomos informados que existem várias hipóteses. O vírus pode ter entrado através de um funcionário assintomático ou através de alguma mercadoria, uma vez que a entidade cancelou todas as visitas e adotou protocolo rígido de segurança.

Segundo o último boletim, divulgado nesta terça-feira (11), antes de sair os resultados do asilo, Cataguases totalizou 389 casos positivos da doença, com 2 internados na enfermaria, 3 em UTI, 180 assintomáticos, 17 em tratamento e 18 óbitos. O Município já tem 169 pessoas curadas.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases