Energisa utiliza helicóptero para inspeções na rede elétrica e garante agilidade em 95% dos serviços

Foram investidos R$ 180 mil para inspecionar 580 km de linhas. O compromisso da Energisa é a excelência no fornecimento de energia elétrica, serviço essencial para toda a população. Por isso, a empresa está investindo cada vez mais em tecnologia e modernizando a rede elétrica. Para agilizar as inspeções na rede, a Energisa Minas Gerais conta com equipamentos modernos e um helicóptero para inspeções visuais e termográficas aéreas nas linhas, garantindo maior rapidez. Dentro do planejamento estratégico de investimento na rede, no mês de março, foram inspecionados aproximadamente 580 km de linhas de transmissão, que interligam as subestações da área de concessão da Energisa em Minas Gerais, um investimento de cerca de R$ 180 mil. Utilizando equipamentos de alta tecnologia, com uma câmera das mais avançadas do mercado, acoplada ao helicóptero, é possível identificar, desde o estágio inicial, os locais onde ações corretivas devem ser realizadas de forma programada. A câmera de

Eleições 2020: TRE começa hoje a convocação de mesários


A convocação de mesários para as Eleições 2020 começa nesta terça-feira, dia 18 de agosto. Em Minas Gerais, serão necessários 208.296 mesários para garantir o funcionamento de 52.074 seções eleitorais no dia 15 de novembro, quando acontece o primeiro turno da eleição para prefeitos e vereadores. Algum ajuste nesse quantitativo de seções ainda poderá acontecer, em função de agregações de seções.

Cada zona eleitoral convoca os eleitores que atuarão nos locais de votação sob sua responsabilidade. A convocação pode ser enviada por e-mail, mensagem de WhatsApp ou carta, e até mesmo presencialmente, quando necessário, e terá as informações sobre o treinamento. Neste ano, o treinamento será preferencialmente virtual. Nos casos em que for necessário realizar encontros presenciais, serão adotadas medidas para evitar aglomerações e garantir a segurança de todos.

O eleitor convocado para atuar como mesário passa a ter a obrigação de trabalhar nas eleições e deve confirmar o recebimento da convocação, conforme indicado na mensagem enviada pelo cartório. Caso não possa trabalhar no dia da votação, ele deverá enviar, em até cinco dias após a convocação, uma justificativa ao juiz eleitoral responsável, que analisará os motivos apresentados.

Se os impedimentos surgirem depois desse prazo, haverá tolerância quando comprovada a justificativa. Para quem não se manifestar até o dia da eleição e não comparecer na data e na hora marcadas, o prazo para apresentar justificativa ao juiz eleitoral será de 30 dias. A falta sem justa causa ou apresentação da justificativa após esse prazo sujeita o mesário ao pagamento de multa.

A atuação como mesário não tem remuneração. O eleitor que colabora com a Justiça Eleitoral recebe auxílio alimentação e tem direito a dois dias de folga no emprego para cada dia trabalhado ou de treinamento. As folgas devem ser negociadas com o empregador.

Na seção eleitoral, o mesário é responsável por organizar o espaço e conferir o funcionamento dos equipamentos; garantir a ordem; receber os eleitores, identificá-los e liberar o voto na urna; e, ao final da votação, emitir os boletins de urna e recolher todo o material para ser entregue ao cartório eleitoral.

Mesário voluntário

A Justiça Eleitoral conta com a colaboração de voluntários para a realização das eleições e garantia do exercício do direito ao voto a todos os cidadãos inscritos como eleitores. Quem quiser trabalhar como mesário nas Eleições 2020 ainda pode fazer a inscrição no site do TRE ou pelo e-Título. Contudo, apenas sua inscrição não assegura que o eleitor inscrito seja imediata ou necessariamente convocado. Em algumas situações, ficam em um banco reserva, e são chamados, por exemplo, no dia do pleito, no caso de mesário faltoso ou, ainda, em futuras eleições, caso o cartório eleitoral já tenha quantitativo suficiente de mesários. Na dúvida, entre em contato com o cartório de sua zona eleitoral.

No último dia 14, o TSE lançou uma campanha com a participação do médico Drauzio Varella para incentivar a inscrição de eleitores fora dos grupos de risco para a covid-19. E o presidente do Tribunal Superior, ministro Luís Roberto Barroso, gravou um vídeo convocando os brasileiros comprometidos com o interesse público a atuarem como mesários voluntários neste ano, ajudando no fortalecimento da democracia brasileira. Assista à mensagem do ministro.

Medidas de prevenção

O TSE e o TRE-MG contam com a consultoria de especialistas em saúde para estudar as medidas a serem adotadas nos dias do primeiro e segundo turnos (onde houver). Entre elas, demarcação dos locais de votação para garantir o distanciamento entre as pessoas, disponibilização de álcool em gel para os eleitores higienizarem as mãos e entrega de itens de higiene e proteção pessoal aos mesários.

Fonte:  TRE

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases