Notícia

Após fuga e perseguição, PRF recupera, em Leopoldina, veículo roubado há 4 meses em Contagem

No início da madrugada desta quarta-feira (23), agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) faziam fiscalização de rotina no km 768 da BR-116, em frente à Unidade Operacional da PRF, no município de Leopoldina (MG), quando deram ordem de parada ao veículo Fiat/Uno Sporting 1.4 de cor prata. Ao perceber a intenção da abordagem policial, o condutor acelerou o veículo em fuga e, prontamente, foi iniciado o acompanhamento tático com a viatura PRF.
Após realizar diversas manobras perigosas, colocando a vida de usuários em risco, o condutor bateu o veículo em um canteiro existente no trevo de acesso ao bairro das Palmeiras, no km 755 da BR-116.
Dessa forma, os policiais conseguiram conter o autor e conforme consulta nos sistemas disponíveis foi verificado que o veículo portava placas “dublês”, uma vez que a original possuía ocorrência de furto datada em 07/05/2020 no município de Contagem (MG). Perante o exposto, a PRF conduziu o preso para a delegacia da Polícia Civil de Leopoldina. O automóv…
Drogaria Santa Rita
Banner cadastramento cartão SUS
   

Falecimento de seu Zico de Cataguarino na terça-feira deixa uma lacuna na cultura cataguasense


O falecimento do Sr. Zico Justino, vítima de um infarto fulminante na madrugada de terça-feira (23), deixou uma grande lacuna em Cataguases. Polivalente, entre outras coisas, seu Zico era conhecido como Agricultor, Folclorista, músico, repentista, improvisador, poeta, artesão, leiloeiro, mágico, contador de causos e piadas e fundador do grupo folclórico "Mineiro Pau", além de um profundo conhecedor de plantas medicinais.


Casado com Enedina Gonçalves de Barros, 88 anos, Francisco Justino de Barros, completaria 90 anos no dia 3 de outubro deste ano. Natural do Município do Alto do Rio Doce, ele se estabeleceu no distrito de Cataguarino em 1950, onde, embora a vida simples no Sítio, era um genuíno representante da cultura cataguasense, uma verdadeira riqueza intangível e imensurável. 

Seu Zico se apresentava em escolas, eventos culturais e festas da região juntamente com seus personagens folclóricos: Ana Bela que representa a Princesa Isabel, "Bumba meu boi" que representa o trabalho escravo e "Mulinha" que representa o administrador da Fazenda, sempre acompanhado do bate pau, uma dança folclórica com gingado e cantoria que simboliza o desejo de liberdade dos escravos.  

Em 2018, aos 87 anos, ele foi homenageado pela Escola de Samba do distrito com um samba enredo, composto por sua filha, Rita Barros em parceria com Chiquinho Fernandes, Renato Batista e Joana Capella. Ele também foi tema de um dos Programas "Tô Indo",da Rede Globo de Televisão em janeiro do mesmo ano e participou de um filme, a "Família Dionti".



Com a pandemia da Covid-19, a família fez uma surpresa e providenciaram um reencontro emocionante, no dia 14 deste mês. Após 78 dias de afastamento dos bisnetos, ele pôde abraçar a bisneta Alice (foto abaixo) que foi toda preparada para a ocasião, com máscara, capa de chuva e demais proteções para que o momento de carinho pudesse ocorrer. 


Seu Zico tinha 8 filhos (um já falecido), 12 netos (um falecido) e 8 bisnetos, além de 5 sobrinhos netos que ele acolheu após ficarem órfãos de mãe. 




Fotos: Robson Silva / Cataguarino

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases