Pular para o conteúdo principal
Unipac
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Câmara de Dona Euzébia rejeita parecer do TCEMG e aprova contas de 2014 do ex-prefeito Mazinho

Decisão aconteceu após o ex-prefeito apresentar defesa em plenário. Nesta quinta-feira (2), os vereadores de Dona Euzébia rejeitaram o parecer do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) e aprovaram as contas do ex-prefeito da cidade, Itamar Ribeiro Toledo, o Mazinho, referente ao exercício de 2014. No dia 12 de agosto, os vereadores realizaram uma votação para analisar o parecer do TCE, mas a mesma foi anulada pelo próprio TCE, devido a falta de quórum e a ausência de defesa do ex-prefeito. Na ocasião, a Comissão de Finanças havia acompanhado o parecer do TCE, mas após o comparecimento de Mazinho, dentro do prazo regimental, os vereadores aceitaram os argumentos, fazendo com que a maioria dos membros da comissão mudassem o voto, deixando os demais edis à vontade para rejeitar o parecer por 6 votos a 3. Não é a primeira vez que a Câmara de Dona Euzébia rejeita um parecer do TCEMG.  O fato já ocorreu em outras duas oportunidades, quando os vereadores rejeitaram o parecer do

Prefeito de Leopoldina decreta Situação de Emergência devido as chuvas

A Prefeitura de Leopoldina decretou situação de emergência após a cidade ter sido atingida por chuvas contínuas nos últimos dias. Na ocasião, deslizamentos de terra e barreiras foram registrados. O Decreto foi assinado pelo prefeito José Roberto de Oliveira na manhã desta quarta-feira (4).

Um muro de contenção de uma casa localizada no bairro Alto da Ventania, em Leopoldina, desabou durante a chuva desta terça-feira, 3 de março. Ao menos três casas foram atingidas e 8 pessoas precisaram sair da área, entre elas duas crianças. No bairro Seminário, uma residência com risco de desabamento também foi interditada pela Defesa Civil municipal.


Segundo o Executivo, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, Obras e Agricultura, juntamente com a Defesa Civil Municipal, trabalham para realizar reparos em pontos do município, entre eles deslizamentos em Piacatuba e estrada da Boa Sorte.

O Decreto considera que a chuva intensa provocou a extrapolação da capacidade de escoamento da rede pluvial e consequentemente acúmulo de água nas ruas, calçadas e outras infraestruturas urbanas, causando diversos danos materiais e humanos. Ainda conforme o documento, fica autorizada a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a coordenação da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e Defesa Civil do município, nas ações de resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução.

Fonte: Jornal O Vigilante Online

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui