Após denúncia MP irá apurar descumprimento de protocolo na vacinação contra a Covid-19 em Cataguases

Vereador Rafael Moreira solicitou nome das pessoas que foram vacinadas, mas não foi atendido A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Cataguases, por meio da Promotora de Justiça Amanda Merlini Dutra Osipe, instaurou procedimento para apurar eventual descumprimento dos Planos Nacional e Estadual de Vacinação contra a Covid-19, pelo Município de Cataguases nesta sexta-feira (22). Conforme Nota Pública daquela procuradoria, enviada para a redação do Site Mídia Mineira, o objetivo de tal procedimento será apurar se pessoas que não se enquadram no grupo prioritário eleito pelas autoridades  sanitárias foram beneficiadas com a imunização. Confira a nota na íntegra no final da matéria. A administração terá 24 horas para enviar os seguintes documentos: Encaminhar a relação de pessoas que já foram ou serão imunizadas, indicando o nome completo e qual o grupo prioritário pertence; Informar quantas doses foram destinadas a cada grupo prioritário; Explicar se foi possível vacinar todos os idosos

Operação do MP, GAECO e PMMG prende 3 e apreende armas e drogas em cidades da Zona da Mata

O Ministério Público de Minas Gerais, através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) - Regional de Visconde do Rio Branco, das Promotorias de Justiça Criminais da Comarca de Leopoldina e da Polícia Militar, desencadearam na manhã desta sexta-feira, 26 de julho de 2019, a 1ª fase da operação “Despojo”. A palavra Despojo é proveniente do Espanhol e tem como um de seus significados: resto, fragmentos, sobras. 

Com a deflagração da Operação Bereshit no primeiro trimestre do corrente ano, foi desarticulada uma Organização Criminosa que atuava nos municípios de Ubá, Juiz de Fora e Visconde do Rio Branco. Na ocasião foram presas 19 pessoas, apreendidas mais de 100kg de drogas e aproximadamente 4 milhões de reais em bens.

Com os fragmentos da operação Bereshit, foi identificado ainda, uma outra possível Organização Criminosa que, em tese, também praticavam os mesmos crimes de tráfico de Drogas, lavagem de capitais e associação ao tráfico nos municípios de Leopoldina, Recreio, Ubá e Tocantins, cidades da Zona da Mata Mineira.

Na ação realizada hoje, foram cumpridos dezessete mandados de busca e apreensão nas cidades de Ubá, Tocantins, Leopoldina e Recreio, obtendo como resultado a apreensão de mais de 50 barras de maconha, 2 armas de fogo, 1 veículo clonado, diversos celulares e outros eletrônicos. Três pessoas foram presas em flagrante. 


As investigações continuam, a fim de se apurar outros fatos e pessoas envolvidas e posteriormente serão divulgadas outras informações.

Com informações da Assessoria de Comunicação da PMMG

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases