Notícia

Candidato acusa assessores do deputado Fernando Pacheco de comprar votos para campanha de José Henriques a prefeito de Cataguases

Uma denúncia do candidato Carlos Magno, o Maguinho (PSL), sobre suposta compra de votos realizada por assessores do deputado estadual Fernando Pacheco (PV) para beneficiar a campanha do candidato José Henriques (MDB), sacudiu o meio político de Cataguases, após o primeiro debate de candidatos a prefeito, realizado pelo Sistema Multisom de Rádio.
No vídeo divulgado na página de Carlos Magno, aparecem o empresário Marco Antônio Cadete Souza,  conhecido como Marco Antônio da VT, juntamente com o assessor de Fernando Pacheco, Edson Antônio de Campos Hessel, dizendo abertamente que já entregaram mais de 300 cestas básicas. No vídeo também são citadas a filha de Marco Antônio VT e a esposa do candidato José Henriques, Gabriela, ambas são assessoras do deputado estadual Fernando Pacheco Fialho.
O Site Mídia Mineira entrou em contato com o candidato Carlos Magno, o Maguinho, por telefone, o qual informou que a campanha deverá entrar com denúncia no Ministério Público nesta segunda-feira (19), o…
Drogaria Santa Rita
Banner cadastramento cartão SUS
   

Polícia Militar prende cinco homens por assalto a loja de telefonia celular no centro de Leopoldina





A Polícia Militar prendeu, na noite desta sexta-feira (26), cinco indivíduos , com idade entre 18 e 33 anos, suspeitos de um roubo a mão armada em uma loja de telefonia celular no Centro de Leopoldina.

O roubo ocorreu em uma loja na Rua Presidente Carlos Luz. Os cinco homens, sendo um de Leopoldina e quatro do Rio de Janeiro, entraram armados e anunciaram o assalto, fugindo em seguida em um veículo Renault, prata, com placas adulteradas com fita isolante. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu avistar o veículo, trafegando em alta velocidade, sendo realizado acompanhamento e abordagem na Rua Madre Vicente Guilarte Alonso, no Bairro Imperador, vinte minutos após o roubo.

Com os bandidos, a PM apreendeu uma arma calibre 38 com seis munições, três sacolas com 58 aparelhos celulares, 7 tablets e 4 fones de ouvido, além de R$ 1.112,00 em dinheiro.

Os presos foram encaminhados ao Plantão da Delegacia Regional da Polícia Civil para as demais providências e o veículo recolhido ao pátio credenciado junto ao Detran/MG em Leopoldina. A polícia informou ainda que o motorista do veículo presta serviço para um aplicativo no Rio de Janeiro. 

Com informações e fotos do Jornal O Vigilante Online 

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases