Notícia

Cataguases deve ultrapassar mil casos confirmados de Covid-19 neste fim de semana

Com 200 casos confirmados em novembro contra 96 em outubro, aumento deixa município em alerta. Héricles Ferreira Lima Gonçalves / Funed O Município de Cataguases poderá superar a marca de mil casos confirmados de Covid-19 neste fim de semana. Conforme o último boletim desta sexta-feira (27), 11 novos casos foram confirmados, atingindo  991 casos desde o início da pandemia até o momento. Neste mês de novembro, os casos diários tem ficado O Município já tem 45 óbitos confirmados da doença e 795 pessoas curadas. Os bairros com maior incidência do coronavírus são: Bandeirantes (96), Centro (82), Bom Pastor (53) Granjaria (49) e Taquara Preta (46).  Cataguases chegou a passar para a onda verde do programa Minas Consciente, no dia 5 de novembro mas foi obrigado a retroceder para a onda amarela no dia 19 do mesmo mês, devido o aumento de casos em Cataguases e em toda Minas Gerais. Se o Município passasse para a onda verde, estariam autorizados a funcionar os serviços não essenciais com alto r
Drogaria Santa Rita
Banner cadastramento cartão SUS
   

Primeira sessão ordinária da Câmara de Cataguases tem formação de comissões e pedido para rescisão do contrato da Copasa

A Câmara Municipal de Cataguases realizou na noite desta terça-feira (5), sua primeira reunião ordinária do ano. Na pauta a formação das comissões permanentes que são renovadas a cada dois anos e ficarão instaladas até o final de 2020 quando termina o mandato desta legislatura.

Pela primeira vez os membros das comissões foram escolhidos em votação  através de cédulas. A comissão mais disputada foi a de Saúde e Assistência Social que teve quatro candidatos para três vagas: Betão do Remo que obteve 14 votos, Sargento Jorge Roberto e Doutora Maria Ângela Girardi com 10 votos cada e por último e não sendo eleito o vereador Paulo Milani que obteve 6 votos. Após as votações as comissões ficaram definidas da seguinte forma:

Comissão de Constituição, Justiça e Redação

  • Marcos Costa (PSD)
  • Doutora Maria Ângela (PROS)
  • Vinícius Machado (DEM)


Comissão de Orçamento, Finanças e Contabilidade





  • Rafael Moreira (PRB)
  • Hercyl Neto (PROS)
  • Vinicius Machado (DEM)
Comissão de Obras e Serviços Públicos





  • Rafael Moreira (PRB)
  • Betão do Remo (PSB)
  • Gilmar Canjica (PSDB)
Comissão de Ética e Decoro Parlamentar
  • Gilmar Canjica (PSDB)
  • Betão do Areão (PSDB)
  • Rogério Ladeira (PHS)
Comissão de Saúde e Assistência Social
  • Betão do Remo (PSB)
  • Sargento Jorge Roberto (PHS)
  • Doutora Maria Ângela (PROS)

Grande Expediente

No grande expediente a tribuna livre foi usada por moradores do bairro São Marcos (foto) para pedir pavimentação da rua que liga o bairro ao Santa Clara. Também falaram os vereadores Hercyl Neto (PROS) e Doutora Maria Ângela (PROS) para pedir que o Executivo rescinda o contrato com a Copasa. Eles se basearam em laudos técnicos que segundo eles comprovam a ineficiência do serviço, que em vários locais onde o serviço terminou o esgoto não consegue ser bombeado pelas elevatórias e que após o término das obras de esgotamento sanitário o município estaria apenas com 60% do esgoto tratado. "Eu não sei o que a gente está fazendo até agora com este contrato, sinceramente, está nas mãos do Poder Executivo rescindir administrativamente utilizando o princípio da autotutela administrativa, esse absurdo contrato", disse o vereador Hercyl Neto.

Projeto

O único projeto previsto na pauta, do vereador Betão do Remo de número 51/2018, que torna obrigatório a fixação de cartaz em local visível em todas as repartições públicas municipais com os telefones a serem fixados, teve o pedido de sobrestamento do vereador Vinicius Machado por uma sessão e acabou não sendo votado.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases