Energisa utiliza helicóptero para inspeções na rede elétrica e garante agilidade em 95% dos serviços

Foram investidos R$ 180 mil para inspecionar 580 km de linhas. O compromisso da Energisa é a excelência no fornecimento de energia elétrica, serviço essencial para toda a população. Por isso, a empresa está investindo cada vez mais em tecnologia e modernizando a rede elétrica. Para agilizar as inspeções na rede, a Energisa Minas Gerais conta com equipamentos modernos e um helicóptero para inspeções visuais e termográficas aéreas nas linhas, garantindo maior rapidez. Dentro do planejamento estratégico de investimento na rede, no mês de março, foram inspecionados aproximadamente 580 km de linhas de transmissão, que interligam as subestações da área de concessão da Energisa em Minas Gerais, um investimento de cerca de R$ 180 mil. Utilizando equipamentos de alta tecnologia, com uma câmera das mais avançadas do mercado, acoplada ao helicóptero, é possível identificar, desde o estágio inicial, os locais onde ações corretivas devem ser realizadas de forma programada. A câmera de

Buscas por foragidos do presídio de Leopoldina continuam; um deles chegou a ser localizado mas conseguiu escapar

As buscas pelos dois detentos que fugiram do presídio de Leopoldina na manhã desta segunda-feira (24) seguem por toda a região. Os detentos, Gustavo de Oliveira Lima (Nokinha), de 23 anos e Marcus Vinícius da Costa Maciel, de 34 anos, fugiram durante o banho de sol.

Gustavo Nokinha chegou a ser localizado durante patrulhamento repressivo pelo bairro Caiçara em Leopoldina. Ele estava de carona em um veículo VW/Gol branco com placas daquele município. Ao perceber que o veículo seria abordado pela PM o foragido  pulou do carro em movimento e se embrenhou em um vasto matagal. Apesar do cerco realizado em toda a área e nas imediações ele não foi encontrado. 

De acordo com as informações, conduzindo o veículo estava um rapaz de 25 anos, natural do Rio de Janeiro, conhecido da polícia e com passagens por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo e de carona um outro rapaz, de 20 anos, natural de São Paulo. O condutor relatou aos policiais que estava no bairro quando encontrou o criminoso na rua e lhe deu uma carona. O veículo foi apreendido por estar com o licenciamento irregular e o condutor não possuir habilitação. Os dois foram arrolados no registro junto ao Sistema Integrado de Defesa Social da Polícia Militar e o caso encaminhado para a Delegacia Regional da Polícia Civil de Leopoldina.

Gustavo de Oliveira Lima (Nokinha), foi preso pela última vez no dia 13 de dezembro no Bairro Caiçara em cumprimento a um mandado de busca e apreensão. Na ocasião foram apreendidos drogas, armas e dinheiro.

Marcus Vinícius da Costa Maciel foi transferido para Leopoldina através de uma permuta entre os presídios de Leopoldina e Bicas, autorizada pela Superintendência de Gestão de Vagas. Conforme a polícia ele possui diversas passagens por tráfico de drogas, ameaça, além de uma tentativa de homicídio em 2010, todas as ocorrências em Juiz de Fora.

Qualquer informação que ajude na localização dos foragidos pode ser passada  anonimamente pelos telefones 190 da Polícia Militar, 181 (Disque Denuncia Unificado), (32) 3441-3489 da Polícia Civil ou 3449-7407 do Presídio de Leopoldina.

Com informações e fotos de O Vigilante Online

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases