Adolescente apontado como autor de homicídio é ouvido pela Polícia Civil em Muriaé

O menor confessou ter torturado e jogado a vítima amarrada, ainda com vida, dentro do Rio Preto em Muriaé. Nesta terça-feira (13), a Polícia Civil conseguiu identificar e capturar um adolescente de 17 anos, morador do bairro União em Muriaé, apontado como responsável pela morte de outro adolescente, de mesma idade, no último domingo (11). A vítima, identificada como Dejair Fernandes Da Silva (foto abaixo), teve as mãos amarradas e foi jogada no Rio Preto . Dejair foi morto com requintes de crueldade Foto: Rede Social De acordo com as investigações realizadas pela Delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o autor é apontado como gerente do tráfico de drogas no bairro União. A motivação foi o roubo de um celular de uma moradora do bairro pela vítima. O adolescente, como líder do tráfico no local, resolveu fazer justiça com as próprias mãos, para servir de exemplo para todos. Ele contou que torturou a vítima com pauladas e que depois teria amarrado as mão

Ladrões armados levam pizza de entregador no Ana Carrara e PM apreende arma de fogo após ações no local

Dois rapazes roubaram um entregador de pizza por volta das 23h45 da quinta-feira (12), na Avenida Manoel Bandeira no bairro Ana Carrara, em Cataguases. No local já ocorreram outros roubos semelhantes, a entregadores de lanche, gás e taxista, sempre com os autores fugindo pelo pasto.

Segundo a vítima, ao chegar no local para fazer uma entrega de pizza foi surpreendida por dois indivíduos que saíram de um pasto e anunciaram o roubo, sendo que um deles estava com uma camisa enrolada na cabeça e portava um revólver. Eles levaram uma pizza e um refrigerante de 2 litros.

A Polícia Militar informou que tem realizado uma série de intervenções na Vila Leonardo e Ana Carrara, com o objetivo de identificar e realizar a apreensão dos autores e coibir esses crimes.

Na tarde desta quinta-feira (13), a Patrulha de Operações, composta pela sargento Priscila, sargento Silas e cabo Jean Pierre,  avistaram um indivíduo em atitude suspeita que, ao perceber a presença policial, fugiu em direção a um pasto, não sendo possível alcança-lo. Os policiais perceberam que ao fugir, o suspeito jogou um objeto no quintal de uma residência. Posteriormente verificou-se que o objeto tratava-se uma arma de fogo, tipo "garrucha".

O suspeito foi identificado e os dados foram enviados para a Polícia Civil que dará sequência às investigações. 

A Polícia Militar informou também que as ações de prevenção e repressão à criminalidade continuarão.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases