Adolescente apontado como autor de homicídio é ouvido pela Polícia Civil em Muriaé

O menor confessou ter torturado e jogado a vítima amarrada, ainda com vida, dentro do Rio Preto em Muriaé. Nesta terça-feira (13), a Polícia Civil conseguiu identificar e capturar um adolescente de 17 anos, morador do bairro União em Muriaé, apontado como responsável pela morte de outro adolescente, de mesma idade, no último domingo (11). A vítima, identificada como Dejair Fernandes Da Silva (foto abaixo), teve as mãos amarradas e foi jogada no Rio Preto . Dejair foi morto com requintes de crueldade Foto: Rede Social De acordo com as investigações realizadas pela Delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o autor é apontado como gerente do tráfico de drogas no bairro União. A motivação foi o roubo de um celular de uma moradora do bairro pela vítima. O adolescente, como líder do tráfico no local, resolveu fazer justiça com as próprias mãos, para servir de exemplo para todos. Ele contou que torturou a vítima com pauladas e que depois teria amarrado as mão

Inscrições para o ProUni começam nesta terça-feira (26)

Neste processo seletivo, programa oferece mais de 174 mil bolsas integrais e parciais

Abertas a partir desta terça-feira (26), as inscrições para o segundo processo seletivo de 2018 do Programa Universidade para Todos vão até a próxima sexta (29). Os estudantes interessados devem consultar a página do ProUni para se inscrever. Neste processo, serão oferecidas 174.289 bolsas, sendo 68.884 delas integrais, em 1.460 instituições de ensino superior.

A lista com os candidatos pré-selecionados será divulgada na página do ProUni a partir do dia 2 de julho, para a primeira chamada, e de 16 de julho para a segunda. O programa aceita inscrições de estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 e tiraram no mínimo 450 pontos de média e nota superior a zero na redação.


Podem concorrer às bolsas integrais alunos cuja renda familiar per capita é de até um salário mínimo e meio. O benefício parcial, de 50% do valor do curso, é voltado para os que têm renda familiar per capita de até três salários mínimos. Caso o aluno não tenha dinheiro suficiente para pagar a mensalidade, ele ainda pode contratar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Fonte: Ministério da Educação

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases