Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Projeto Resgatando Sorrisos chega em Cataguases para atender pacientes da Hemodiálise

Projeto criado por Vinícius Samôr já trouxe saúde bucal a centenas de pessoas na região.




O projeto Resgatando Sorrisos, idealizado por Vinícius Samôr, chegou a Cataguases nesta quinta-feira (17) com um consultório odontológico móvel para atender pacientes de Hemodiálise e pessoas que estão aguardando na fila do transplante.

Segundo informações obtidas pelo Site Mídia Mineira, o pedido para que o consultório odontológico móvel viesse para Cataguases foi do vereador Rafael Moreira e teve o apoio da Associação de Pacientes Renais e do Hospital de Cataguases. Nesta quinta-feira a ação já atendeu, em local disponibilizado pelo Hospital, cerca de 50 pacientes de Hemodiálise, diálise peritoneal, transplantados e pessoas que aguardam na fila do transplante. 

Foram realizados pela Dra Jainy Carvalhais, atendimentos de restaurações, obturações, limpezas, raspagens, orientações de higiene bucal, aplicação de flúor, prevenção e diagnóstico do câncer de boca.

O Enfermeiro chefe da hemodiálise, Wagner José, acompanhou todos os procedimentos e destacou a importância dessa assistência para os pacientes de Hemodiálise para que os mesmos não desenvolvam infecção e não comprometam o sistema imunológico.

“Quero agradecer muito ao Vinícius porque uma das dificuldades em relação ao bem-estar dos pacientes renais é justamente a saúde bucal. Muitos pacientes perderam o transplante, não conseguiram entrar na fila por não ter uma saúde bucal em dia. Ele está aqui hoje nos ajudando com o trabalho que a gente faz na APRAC e no meu mandato, direcionado aos pacientes renais, por isso agradeço muito ao Vinícius por atender ao nosso pedido.”, destacou o vereador Rafael Moreira.

Nesta Sexta-feira o projeto continua atendendo em Cataguases.


Projeto Resgatando Sorrisos

Por iniciativa de Vinícius Samôr e apoio da ONG Dentistas Sem Fronteiras, o projeto vem atendendo centenas de pessoas carentes na região da Zona da Mata Mineira, suprindo a falta de atendimento pelo poder público.

O projeto é um trabalho voluntário e não gera nenhum tipo de custo para os pacientes.

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui