Pular para o conteúdo principal
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

PCMG realiza operação “Cataclisma” em Muriaé

Ação foi realizada no município da Zona da Mata mineira para combater o tráfico. Um suspeito foi preso e drogas foram apreendidas A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou, nesta quinta-feira (13/1), a operação “Cataclisma”, visando combater o tráfico de drogas no município de Muriaé, na Zona da Mata mineira. Na ocasião, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão no Bairro Padre Tiago, um suspeito de 29 anos foi preso.  Além disso, também foram apreendidos, aproximadamente, dois quilos de maconha, 41 papelotes de cocaína, R$ 112 e uma balança de precisão. Conforme informações do delegado Glaydson Souza, levantamentos da PCMG apontaram que o investigado realizava a mercancia ilícita de entorpecentes na residência dele, onde foram localizados os materiais.  O rapaz foi preso em flagrante por tráfico e conduzido até a unidade policial.  Operação “Cataclisma” De acordo com o delegado, o nome da operação faz alusão à dificuldade de acesso ao imóvel do suspeito, já que no loc

Decreto do prefeito de Cataguases obriga apresentação do comprovante de vacina para entrada em templos religiosos, eventos ou festas

Estabelecimentos e igrejas que não cumprirem a determinação ficarão fechados por 60 dias.


O prefeito de Cataguases, José Henriques, publicou novo decreto de Combate a Covid-19 na cidade, que obriga as pessoas que queiram frequentar templos religiosos, eventos públicos ou privados, festas e eventos com cobrança de ingresso ou cinemas a apresentarem passaporte vacinal com as duas doses de vacina contra o Coronavírus ou dose única se for o caso.

As igrejas ficam autorizadas a funcionar com até 80% da capacidade autorizada pelo Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros. Para eventos ou festas passa a ser autorizado o funcionamento com até 75% da capacidade autorizada pelo Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.

Os estabelecimentos que descumprirem as regras, além da multa, ficarão interditados por 60 dias sem possibilidade de formalização de termo de Ajustamento de Conduta.

Outra novidade do novo decreto foi o aumento da capacidade de estabelecimentos com CNAE de restaurantes, bares e similares para até 500 pessoas. Para este tipo de estabelecimento, o decreto não fala nada sobre percentual de ocupação e nem sobre a exigência de passaporte vacinal. O Decreto não diz nada a respeito do transporte público ou dos trabalhadores das empresas privadas que continuam da mesma forma, sem a exigência de vacinas.

Confira o decreto na íntegra abaixo: 





Comentários

  1. Absurdo esse decreto impedindo o direito de ir e vir das pessoas obrigando as pessoas se vacinar isso não está na constituição brasileira.
    Decreto baseado em que?Queria saber!
    De um país para outro não digo nada mas dentro de uma cidade isso é absurdo!
    Ha quem concorde eu não!

    ResponderExcluir
  2. Eu acho isso além de politicagem e inconstitucional.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Anuncie Aqui Anuncie Aqui