Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Parceria entre Governo Estadual e Fundação Cristiano Varella propiciará atendimento oncológico em Ubá

Casa de Saúde Padre Damião, em Ubá, vai abrigar unidade de oncologia.


O governador Romeu Zema anunciou, na quinta-feira (19/8), em Ubá, na Zona da Mata, ações para a melhoria do atendimento à saúde na região. Durante visita à Casa de Saúde Padre Damião (CSPD), unidade da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), foi formalizada parceria entre o Governo do Estado e a Fundação Cristiano Varella (FCV), responsável pelo maior complexo oncológico de Minas Gerais, para a oferta de serviços relacionados ao tratamento de pacientes com tumores e com câncer.

“Essa ala vai facilitar muito o acesso à saúde, sobretudo das pessoas que tinham que viajar para realizar o tratamento em outras cidades. Com essa parceria, a pessoa acometida pela doença ou pelos efeitos colaterais não precisará mais pegar estrada para ter um atendimento adequado”, explicou o governador Romeu Zema, durante a visita à unidade.

Toda a microrregião de Ubá (20 municípios e cerca de 320 mil habitantes) será beneficiada, uma vez que, atualmente, os pacientes submetidos a tratamentos oncológicos precisam se deslocar mais de 100 quilômetros para atendimento em Muriaé, onde está o Hospital do Câncer, ou em Juiz de Fora.

O complexo oncológico funcionará em área de 2.000 metros quadrados, na Casa de Saúde Padre Damião. O local foi criado em 1945 para prestar assistência às pessoas com hanseníase. Atualmente, é um centro de referência em atendimento à doença, além de receber usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) na região.

O secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, afirmou que a colaboração entre o Governo de Minas, Executivo municipal e a Fundação é fruto da vontade de fazer o melhor para a população. “Disponibilizar mais um serviço para a região de Ubá fará toda a diferença” disse.

A Fundação Cristiano Varella, que hoje atende a população de 160 municípios da Zona da Mata mineira e adjacências, com uma abrangência de mais de 2 milhões de habitantes, fará aporte financeiro de R$ 1,5 milhão para investimento nas instalações do hospital.

Fonte: Agência Minas

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui