Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Cataguases acorda neste sábado com manifestação devido ao alto número de mortes por Covid-19 na cidade

Município já teve quase o triplo de mortes em 2021 em relação a 2020 e número elevado de óbitos por 100 mil habitantes em relação a outras cidades.


Fotos: Facebook / Reprodução

Cataguases acordou neste sábado (19), com um protesto realizado por um grupo de pessoas contra o avanço da Covid-19 na cidade. Uma faixa com os dizeres "Cataguases princesa da morte, 246 vítimas", foi colocada em frente à prefeitura e 246 cruzes foram fincadas no gramado da Praça Santa Rita, cartão postal da cidade.

O Município da Zona da Mata Mineira, atingiu nesta sexta-feira (18/6), 146 óbitos, quase o triplo de mortes de todo o ano de 2020, que fechou com 57 mortes.

No dia 8 de junho, os vereadores Rafael Moreira (PROS), Ricardo Dias (PSB), Marcos Costa (PSB), Sílvio Romero (PODEMOS) e Rogério Filho (PC do B), protocolaram um oficio para o prefeito de Cataguases, José Henriques, solicitando em caráter de urgência a exoneração do atual secretário de Saúde, Ricardo Mattos. Os motivos seriam o aumento de casos e óbitos, a falta de transparência, reclamações da população e a paralisação da Central Covid na sexta-feira, após feriado de Corpus Christi, no dia 3. O prefeito, no entanto, chegou a declarar - em programa de rádio - que não acataria o pedido.

Segundo a página do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de Cataguases, a finalidade da ação foi "sensibilizar a população e protestar contra nossos gestores públicos que não tem mostrado o menor zelo com a vida da população". Ainda segundo o partido, "atualmente o cataguasense convive com um número de óbitos maior que a média nacional e estadual".

Cataguases hoje possui alto índice de mortos pela Covid-19 por 100 mil habitantes. Com base nos boletins das prefeituras até ontem, 18 de junho e na população estimada pelo IBGE até 2020, enquanto Juiz de Fora possui 300 mortes por 100 mil habitantes, Ubá 245, Muriaé 234, Leopoldina 227 e Viçosa 120, Cataguases está hoje com 325 mortes por 100 mil habitantes.

Em relação a vacinação, se for considerada apenas a população dos grupos prioritários, o Município tem ido bem, mas perde para a maioria das cidades listadas acima. Cataguases vacinou, até o momento, 81,66% (1ª dose) e 36,72% (2ª dose), enquanto Juiz de Fora tem 95,82% (D1) e 46,40% (D2); Ubá 100% (D1) e 51,40% (D2); Muriaé 82,61% (D1) e 40,58% (D2); Viçosa 86,96% (D1) e 34,59% (D2) e Leopoldina 79,30% (D1) e 37,98% (D2). Os dados são do vacinômetro da Secretaria de Estado de Saúde.

*Matéria atualizada para incluir informações.
 

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui