AGORA É LEI: Em Cataguases autistas terão direito a Carteira de Identificação para garantia de direitos

Lei do vereador Ricardo Dias foi sancionada pelo prefeito José Henriques no último domingo (9) O prefeito de Cataguases, José Henriques, sancionou a Lei nº 4751/2021, de autoria do vereador Ricardo Dias que Institui e Regulamenta a emissão da Carteira de Identificação da pessoa com Transtorno do Espectro Autista (CIA/TEA) no âmbito do Município de Cataguases. O documento será emitido pelos Centros de Referências de Assistência Social (CRAS), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social e o portador poderá usufruir dos direitos concedidos a pessoa com TEA no Município, como preferência e prioridade total em todos os órgãos, setores e repartições públicas e particulares que possuam filas e ordem de chegada para fins de atendimento, gratuidade em estacionamentos públicos e privados, entre outros. A Lei já está em vigor e os responsáveis devem se dirigir a Secretaria de Desenvolvimento Social, localizada no Centro Administrativo na Rua Gama Cerqueira, 70, na Vila Domingos Lopes ou a um

Conheça Luana Belli, a cantora cataguasense que conquistou a Itália


Luana Batista Ramalho é o nome de batismo da cantora, apresentadora e compositora Luana Belli. Ela começou a vida artística ainda na adolescência e foi dançarina de várias bandas musicais na cidade em que morava. Aos 18 anos, foi rainha do Carnaval de Cataguases, Minas Gerais, sua cidade natal. Ascendendo na carreira musical, a cantora, que sempre foi apaixonada por funk, mudou-se para o Rio de Janeiro em 2004, com apenas 19 anos de idade, para ficar mais próxima do funk carioca. Nessa época, seu nome artístico era MC Luana e foi com essa marca que ela conquistou vários fãs por onde passou. 

Rumo à Itália

Na mesma época e já cantando profissionalmente, a cantora conheceu a tia de um amigo que morava na Itália e a convidou para visitar o país. Foi amor à primeira vista, e ela resolveu tentar a carreira musical por lá. Conheceu seu ex-marido e acabou se casando com ele. O casamento não durou muito, mas o sonho e a vontade de se manter por lá foram mais fortes do que voltar ao Brasil. 

Em 2009, criou o projeto Funk In Itália, misturando as batidas de funk brasileiro com a tarantela italiana. Ali nascia a música de mesmo nome: a Funk In Itália. Foi nessa mesma época que seu DJ lhe sugeriu que usasse o nome artístico Luana Absoluta, para que ficasse como a única no país, título que ela mantém até hoje. 

Fama, funk e futebol

Em 2010, editou a música Bota Tudo na Poupança, na Furacão 2000, uma das maiores produtoras de funk do Brasil. A canção foi um sucesso! No mesmo ano, conheceu o jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho, de quem se tornou muito próxima. Ronaldinho era frequentador assíduo dos shows realizados por Luana, em Milão, na Itália. Por causa de sua admiração pelo jogador de futebol, a cantora fez várias canções para ele, como a música Embalo Del Gol. Por causa da aproximação com o craque, ela ficou conhecida como “Ronaldinha” e fez duas tatuagens em homenagem a ele. 

Em 2017, ganhou um concurso para ser a dançarina do É o Tchan, quando o grupo esteve na Itália para a realização de um show. Foi jurada por 2 anos da Focus Brasil Milão, uma premiação que destaca os talentos, conquistas e atividades positivas dos brasileiros na Itália. Na ocasião, cada jurado representava sua área de atuação e Luana Belli representou a mídia. 

Sucesso na TV

Ainda em 2017, foi convidada pela RTB Canale 72, atualmente chamada LATV Canale 72, emissora local, com forte audiência e apelo de público. O convite era para apresentar o programa de televisão chamado Festa Brasileira, que tinha como objetivo mostrar a diversidade da cultura musical brasileira. O programa teve algumas temporadas com o mesmo nome, mas depois foi alterado para Viva La Vita, para que pudesse receber cantores italianos e latinos, abrindo um leque de oportunidades a novos artistas. Agora, o programa está em sua terceira temporada com boa audiência e tem se tornado uma marca forte na grade da emissora. 

Transformação 

Pelo site (https://www.vivalavitatv.com) é possível acompanhar o programa no mundo todo. Em 2020, a cantora passou a se chamar Luana Belli. A mudança do nome artístico aconteceu para que os italianos pudessem entender melhor a pronúncia, já que Belli é um sobrenome italiano. Atualmente, a aquariana de 13 de fevereiro trabalha um estilo musical que mistura um pouco da batida do funk com uma pegada pop, criando um som que agrada a várias culturas. As maiores influências para criar as letras das músicas vêm do próprio dia a dia da cantora, do que ela sente, do que acontece. Tudo isso vira inspiração. O resultado de todo esse trabalho pode ser visto nas redes sociais da artista. 



Comentários

Postar um comentário

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases