AGORA É LEI: Em Cataguases autistas terão direito a Carteira de Identificação para garantia de direitos

Lei do vereador Ricardo Dias foi sancionada pelo prefeito José Henriques no último domingo (9) O prefeito de Cataguases, José Henriques, sancionou a Lei nº 4751/2021, de autoria do vereador Ricardo Dias que Institui e Regulamenta a emissão da Carteira de Identificação da pessoa com Transtorno do Espectro Autista (CIA/TEA) no âmbito do Município de Cataguases. O documento será emitido pelos Centros de Referências de Assistência Social (CRAS), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social e o portador poderá usufruir dos direitos concedidos a pessoa com TEA no Município, como preferência e prioridade total em todos os órgãos, setores e repartições públicas e particulares que possuam filas e ordem de chegada para fins de atendimento, gratuidade em estacionamentos públicos e privados, entre outros. A Lei já está em vigor e os responsáveis devem se dirigir a Secretaria de Desenvolvimento Social, localizada no Centro Administrativo na Rua Gama Cerqueira, 70, na Vila Domingos Lopes ou a um

Energisa oferece condições especiais para clientes cadastrados na Tarifa Social


Encerrou em dezembro a medida provisória que suspendia o corte de energia elétrica para clientes cadastrados na Tarifa Social. Para evitar que os clientes de baixa renda fiquem com o orçamento comprometido com as contas de energia em aberto, a Energisa prorrogou as condições especiais de negociação para esse público. É possível parcelar as contas em até 12 vezes no cartão de crédito sem sair de casa, pelos canais digitais da empresa.

Em março de 2020, a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL suspendeu o corte de energia elétrica por atraso no pagamento em todo o Brasil por três meses por causa da pandemia da COVID-19. No fim desse prazo, em julho, a agência prorrogou para o dia 31 de dezembro o fim dessa medida para os clientes cadastrados na Tarifa Social. O decreto, aprovado pelo Congresso Nacional, foi instituído visando mitigar as dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus.

“Estamos orientando nossos clientes cadastrados na Tarifa Social que negociem suas contas. Estamos autorizados a realizar o corte, mas não é o que queremos. Nosso maior objetivo é encontrar maneiras de o cliente pagar essa dívida para ter energia elétrica presente em seu dia a dia. A Energisa está disposta a analisar as condições dos seus clientes e buscar um acordo bom para os dois lados”, explica o gerente de Serviços Comerciais, Luciano Lima.

Caso o cliente não tenha cartão de crédito, é possível também fazer o parcelamento direto na fatura de energia, com número de prestações a ser negociada. A equipe de atendimento da Energisa irá buscar a melhor condição para que ele pague suas contas de maneira que fique confortável com as condições propostas.

A negociação pode ser feita sem o cliente sair de casa, pelos canais digitais da empresa, como a Gisa (WhatsApp) e o app Energisa On. Para pagamentos à vista, há a isenção de juros e encargos. Outro meio para o pagamento é o cartão do auxílio emergencial do Governo Federal. Caso o cliente já tenha pago a conta, ele deve mandar o comprovante de pagamento também para a Gisa (WhatsApp).

Negociações sem sair de casa  

Para negociar pela Gisa, assistente virtual disponível 24 horas por dia pelo WhatsApp, é só escrever a palavra  "Parcelamento" e dar início à conversa. Se preferir pelo site, basta acessar a Agência Virtual em https://www.energisa.com.br/paginas/login.aspx, realizar o cadastro e selecionar a opção ‘Negociar Dívida’. No APP Energisa On, só clicar no ícone Parcelamento.  

Fonte: Assessoria de Comunicação da Energisa

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases