PCMG prende em flagrante suspeito pela prática dos crimes de tortura e de cárcere privado em Visconde do Rio Branco

Também foi cumprido mandado de prisão em desfavor do investigado, de 29 anos, após apuração de denúncia relacionada à violência doméstica Na quinta-feira (3/12), a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu em flagrante um homem de 29 anos, suspeito de cometer os crimes de tortura e de cárcere privado. A ação ocorreu, após apuração de denúncia relacionada à prática de violência doméstica contra a companheira do investigado. Conforme informações do delegado Aldrey Toledo Ribeiro, no fim de novembro, foi instaurado inquérito policial para apurar os fatos, assim que a PCMG recebeu relatório social do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) com a denúncia, noticiando que a vítima estaria vivendo, há algum tempo, em situação de cárcere privado e de tortura. “O referido documento informava ainda que a mulher seria trazida para a delegacia, no dia 02 de dezembro, quando teria uma consulta com a psiquiatra que estava acompanhando a vítima. No entanto, na data agendada, a vítima não comp

PRF apreende vários pássaros transportados irregularmente na BR-116 em Laranjal




Nesta segunda-feira (31), a Polícia Rodoviária Federal (PRF), apreendeu em uma fiscalização no Km 738 da BR-116 em Laranjal, vários pássaros da fauna silvestre que estavam sendo transportados em um automóvel Mercedes C180K, placas do Rio de Janeiro.

De acordo com a PRF, ao vistoriar o interior do veículo foram localizadas quatro caixas de transporte de aninais contendo 3 Araras Canindé, sendo dois filhotes e uma ave adulta, 1 Tucano Toco, 1 Ararajuba e uma gaiola contendo uma ave da espécie Tiriba-de-cara-suja, todos pertencentes à Fauna Brasileira.

O condutor, de 35 anos, declarou que comprou as aves em uma cidade no Estado de Minas Gerais, mas não soube dizer o nome da cidade. Ele também apresentou Notas Fiscais emitidas no ano de 2013 e 2016, por estabelecimento localizado no município de Ibiúna - SP, onde teria pago o valor de R$ 8.990,00, porém, não conseguiu fornecer os dados completos do responsável pela venda e também não portava a documentação legal para o transporte dos animais. O homem declarou que estava transportando as aves para a cidade de Nova Friburgo (RJ).

O condutor assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e se comprometeu a comparecer ao Juizado Especial Criminal da Comarca de Muriaé onde responderá com base na Lei de Crimes Ambientais. 

Os animais foram encaminhados à Polícia Militar do Meio Ambiente que posteriormente encaminhará ao IBAMA.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases