Polícia Militar prende suspeito de tráfico de drogas e apreende tablete de maconha no bairro Ana Carrara

Na tarde desta sexta-feira (16/4), a Polícia Militar prendeu um homem de 38 anos por suspeita de tráfico de drogas no bairro Ana Carrara. Com ele foi encontrada uma barra de maconha de tamanho considerável. A ação aconteceu durante a Operação Áquila, sob o comando do 1º Tem Marinato. De acordo com informações repassadas pela PM, durante a operação surgiu uma denúncia anônima, dando conta de que um indivíduo estaria transportando certa quantidade de droga em uma motocicleta o que motivou um cerco e bloqueio na via, onde o condutor foi abordado. Submetido à busca pessoal, foi encontrado sob a camisa e bermuda do abordado, uma barra, de tamanho expressivo embalada com fita crepe azul, contendo substância esverdeada análoga a maconha. Foram recolhidos também dois aparelhos celulares que o autor portava, pois, conforme a denúncia, tais aparelhos eram utilizados por ele para realizar a venda de substâncias entorpecentes na modalidade de entregas que eram solicitadas via aplicati

Energisa reduz em 50% a duração média dos desligamentos programados em Minas

Inovação, tecnologia e melhorias de processo permitem realizar obras sem desligar os clientes 


Para garantir maior qualidade do fornecimento de energia aos seus clientes, a Energisa realiza constantemente obras e manutenções no sistema elétrico, que por medidas de segurança, algumas vezes necessitam de desligamentos programados, quando é necessário interromper o fornecimento de energia para executar o serviço.  

Para evitar esses desligamentos, a Energisa está sempre investindo em tecnologias ou formas mais eficientes de executar as obras e manutenções. Prova disso é que a duração média dos desligamentos programados apresentou redução de 50% em relação ao ano de 2019.   

“Evitar as interrupções no fornecimento de energia elétrica é um dos nossos compromissos com o cliente. Para isso, a Energisa adota tecnologias e equipamentos que permitem a realização do serviço sem o desligamento da rede, como utilização de gerador móvel, manobras automatizadas para transferência de carga, manutenção em rede energizada pela equipe de Linha Viva entre outros equipamentos e tecnologias como o seccionador de baixa tensão”, comenta o gerente de Construção e Manutenção da Energisa, Victor Rispoli.  

O equipamento seccionador de baixa tensão é uma inovação, desenvolvida por dois colaboradores da empresa. “Já conseguimos comprovar sua eficácia com teste em campo, onde reduzimos em 70% o número de clientes que seriam interrompidos. Em uma ocorrência onde seria interrompido o fornecimento de energia para 112 clientes durante uma hora, foi necessário desligar apenas 31 com a utilização do equipamento”, explica Rispoli. 

Esses desligamentos são parte dos R$ 7 milhões que estão sendo investidos para melhoria do sistema elétrico da área de concessão da Energisa em Minas Gerais, deixando o sistema elétrico mais robusto e eficiente.  

Ao todo, a Energisa Minas Gerais já investiu cerca de R$ 30 milhões no 1º semestre de 2020. Até o final do ano a distribuidora pretende investir cerca de R$ 93 milhões. 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Energisa
 

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases