Após denúncia MP irá apurar descumprimento de protocolo na vacinação contra a Covid-19 em Cataguases

Vereador Rafael Moreira solicitou nome das pessoas que foram vacinadas, mas não foi atendido A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Cataguases, por meio da Promotora de Justiça Amanda Merlini Dutra Osipe, instaurou procedimento para apurar eventual descumprimento dos Planos Nacional e Estadual de Vacinação contra a Covid-19, pelo Município de Cataguases nesta sexta-feira (22). Conforme Nota Pública daquela procuradoria, enviada para a redação do Site Mídia Mineira, o objetivo de tal procedimento será apurar se pessoas que não se enquadram no grupo prioritário eleito pelas autoridades  sanitárias foram beneficiadas com a imunização. Confira a nota na íntegra no final da matéria. A administração terá 24 horas para enviar os seguintes documentos: Encaminhar a relação de pessoas que já foram ou serão imunizadas, indicando o nome completo e qual o grupo prioritário pertence; Informar quantas doses foram destinadas a cada grupo prioritário; Explicar se foi possível vacinar todos os idosos

Cataguases confirma sétimo caso positivo de coronavírus


A Secretaria Municipal de Saúde de Cataguases, confirmou, neste sábado (9), que o Município atingiu o sétimo paciente confirmado de Covid-19. De acordo com a pasta, o paciente é um homem, de 55 anos, que se encontra hospitalizado com quadro estável. 

Entre os casos confirmados, quatro estão curados, dois vieram a óbito e um permanece internado. 
 
O Município possuí 24 casos suspeitos em isolamento domiciliar, sendo que destes 5 realizaram coleta de exame. Outras 72 pessoas estão sendo monitoradas em isolamento domiciliar sem coleta de exame. 

A secretaria de Saúde reforçou o pedido para que todos obedeçam às orientações, saindo de casa somente se for realmente necessário e que usem sempre a máscara. 

Comentários

Postar um comentário

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases