Pular para o conteúdo principal
Unipac
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Câmara de Dona Euzébia rejeita parecer do TCEMG e aprova contas de 2014 do ex-prefeito Mazinho

Decisão aconteceu após o ex-prefeito apresentar defesa em plenário. Nesta quinta-feira (2), os vereadores de Dona Euzébia rejeitaram o parecer do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) e aprovaram as contas do ex-prefeito da cidade, Itamar Ribeiro Toledo, o Mazinho, referente ao exercício de 2014. No dia 12 de agosto, os vereadores realizaram uma votação para analisar o parecer do TCE, mas a mesma foi anulada pelo próprio TCE, devido a falta de quórum e a ausência de defesa do ex-prefeito. Na ocasião, a Comissão de Finanças havia acompanhado o parecer do TCE, mas após o comparecimento de Mazinho, dentro do prazo regimental, os vereadores aceitaram os argumentos, fazendo com que a maioria dos membros da comissão mudassem o voto, deixando os demais edis à vontade para rejeitar o parecer por 6 votos a 3. Não é a primeira vez que a Câmara de Dona Euzébia rejeita um parecer do TCEMG.  O fato já ocorreu em outras duas oportunidades, quando os vereadores rejeitaram o parecer do

Chuvas levam o caos para o Sul de Minas

A noite desta terça-feira (11) foi marcada pelo caos provocado pelas fortes chuvas no Sul de Minas.

Até o momento há notícia de danos em pelo menos sete cidades do Sul de Minas, são elas: Bandeira do Sul, Poço Fundo, Campestre, Caxambu, Espírito Santo do Dourado, Muzambinho e Soledade de Minas

Em Bandeira do Sul são 320 pessoas desalojadas e 80 desabrigados. A prefeitura decretou Situação de Emergência.
Bandeira do Sul - Foto: Luciano Guru Pedrilio / Rota 21 (Rede Social)

Em Poço Fundo várias ruas foram totalmente tomadas pelas águas. O transbordamento do Rio Machado e de outros córregos trouxe o caos para o município de 17 mil habitantes, destruindo várias pontes e afetando tanto a área urbana quanto a rural. No Município já são mais de mil pessoas desalojadas e cerca de 50 desabrigados. O prefeito decretou Estado de Calamidade Pública. 


Poço Fundo - Foto: Reprodução Rede Social

Campestre foi outro município atingido e que decretou Estado de Calamidade Pública. Quase cinquenta pessoas foram contabilizadas, entre desalojados e desabrigados. 

Caxambu, registrou um óbito por soterramento. Uma mulher de 58 anos, identificada como Sandra Regina Parede, morreu após retornar para sua residência que já estava interditada pela Defesa Civil. Ao todo, cerca de 10 pessoas estão desalojadas ou desabrigadas.

Em Espírito Santo do Dourado oito pessoas foram retiradas de suas residências por risco de deslizamento de encosta.

Em Muzambinho duas casas foram interditadas pelo Corpo de Bombeiros por risco de deslizamento.

Soledade de Minas registrou deslizamento de encosta, atingindo três residências, mas felizmente, sem óbitos.

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui