Notícia

Juiz defere candidatura do prefeito Willian Lobo e coloca fim a boatos de inelegibilidade

O Juiz da 79ª Zona Eleitoral, Felipe Teixeira Cancela Júnior, deferiu o pedido de candidatura do prefeito Willian Lobo de Almeida para o pleito deste ano.
Na sentença o juiz ressalta que foram preenchidas todas as condições legais para o registro pleiteado e não houve impugnação por parte de outros partidos. Outro ponto destacado pelo meritíssimo foi que o Ministério Público também se posicionou favorável ao deferimento. "As condições de elegibilidade foram preenchidas, não havendo informação de causa de inelegibilidade", escreveu.
A decisão coloca fim em uma série de boatos que vinham sendo espalhados em rede social de que o prefeito estaria inelegível. Como não houve impugnação não cabe recurso da decisão.
Cataguases possui 8 candidatos a prefeito, mas no site do TSE consta, até o momento, apenas o deferimento da candidatura de Carlos Magno, o Maguinho, primeiro a realizar a convenção. A expectativa é que todos os deferimentos sejam atualizados no site até a próxima semana.
Ve…
Drogaria Santa Rita
Banner cadastramento cartão SUS
   

Polícia faz reconstituição de assassinato de idoso em Muriaé


A Polícia Civil de Muriaé, através da DARF – Delegacia de Armas, Roubos e Furtos, juntamente com  agentes do Departamento Prisional de Minas Gerais, fizeram a reconstituição do bárbaro crime ocorrido na data de 18/05/2019, no bairro Dornelas, quando o suspeito, de 35 anos, entrou na residência da vítima José Bandeira Sobrinho (91 anos)  e durante o roubo acabou empurrando a vítima, que veio a óbito. Com o trabalho pericial, a perita Fabiana Pitassi pode demonstrar que o golpe que causou o óbito posterior da vítima ocorreu no interior da cozinha do imóvel e não na varanda, conforme se acreditava.  

Participaram da reconstituição como atores os jovens Cristian e Vitória, estudantes de Direito da Universidade Faminas e estagiários da 4ª delegacia de polícia civil. A segurança do local ficou a carga dos investigadores da unidade policial e dos agentes prisionais. 

O suspeito, foi preso na data de 08/09/2019 no bairro Grajaú em Juiz de Fora, após ter sido decretada sua prisão preventiva pela Justiça Criminal da comarca de Muriaé. 


Segundo o Delegado Junio Oliveira e a perita Fabiana Pitassi, que estiveram a frente dos trabalhos,  a reconstituição visa  facilitar o trabalho do Ministério Público e do Poder Judiciário, na medida que terão uma melhor dimensão  da realidade em torno do fato.  A reconstituição também visa dar um julgamento mais justo ao investigado, pois ele pode demonstrar o que ocorreu e quais eram seus objetivos no momento do crime.


Fotos Rádio Muriaé

Fonte: Rádio Muriaé

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases