AGORA É LEI: Em Cataguases autistas terão direito a Carteira de Identificação para garantia de direitos

Lei do vereador Ricardo Dias foi sancionada pelo prefeito José Henriques no último domingo (9) O prefeito de Cataguases, José Henriques, sancionou a Lei nº 4751/2021, de autoria do vereador Ricardo Dias que Institui e Regulamenta a emissão da Carteira de Identificação da pessoa com Transtorno do Espectro Autista (CIA/TEA) no âmbito do Município de Cataguases. O documento será emitido pelos Centros de Referências de Assistência Social (CRAS), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social e o portador poderá usufruir dos direitos concedidos a pessoa com TEA no Município, como preferência e prioridade total em todos os órgãos, setores e repartições públicas e particulares que possuam filas e ordem de chegada para fins de atendimento, gratuidade em estacionamentos públicos e privados, entre outros. A Lei já está em vigor e os responsáveis devem se dirigir a Secretaria de Desenvolvimento Social, localizada no Centro Administrativo na Rua Gama Cerqueira, 70, na Vila Domingos Lopes ou a um

Condutor que seguia para Dona Eusébia é flagrado pela PRF transportando vaca amarrada em caminhonete

Um homem de 38 anos irá responder pelo crime de maus tratos a animais, após ser flagrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Leopoldina, na noite desta terça-feira (22) transportando uma vaca em uma caminhonete, de forma totalmente inadequada com sofrimento para o animal.

A caminhonete Fiat Strada foi parada no KM 768 da BR-116 em uma fiscalização de rotina. Durante a vistoria a vaca foi encontrada amarrada na carroceria do veículo. O animal encontrava-se amarrado pelas quatro patas e pelo cabresto, estava deitado sobre o dorso direito, com restrição total de movimento e apresentava-se extenuado, em situação de sofrimento, apertado no compartimento de carga que era de proporções inadequadas ao seu tamanho. A carroceria do veículo estava com fezes e urina, informou a PRF.

O condutor informou que adquiriu a vaca na cidade de Cantagalo/RJ e estaria levando para Dona Eusébia/MG, mas não apresentou nenhum documento que comprovasse a origem do animal. Dessa forma, o animal foi recolhido para um pasto nos arredores do posto policial e a caminhonete foi encaminhada ao pátio credenciado, uma vez que se encontrava com o licenciamento vencido. Foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência e o autor responderá pelo crime de maus tratos a animais.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases