Pular para o conteúdo principal
Unipac
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

2 de dezembro: Minas Gerais completa hoje 301 anos de emancipação

Minas começou a ganhar autonomia administrativa em 1720, quando formou uma capitania própria e foi, por muito tempo, centro econômico brasileiro Neste dia 2 de dezembro de 2021, Minas Gerais completa 301 anos de sua emancipação da capitania de São Paulo, por alvará régio do Rei Dom João V, assinado após ouvir o Conselho Ultramarino, em 2 de dezembro de 1720. Até se tornar um estado tal qual conhecemos hoje, muita coisa aconteceu. A capitania de Minas Gerais foi o primeiro passo para a autonomia administrativa de Minas e ela é resultado do desmembramento da capitania de São Paulo e Minas do Ouro.  Com a descoberta da abundância de ouro no fim do século XVII a região se tornou o centro econômico da colônia. "Minas é, durante muito tempo, um conjunto de arraiais. Eu costumo comparar Minas nesse período com um filme de faroeste. É uma terra sem lei onde não existe um aparato administrativo, que vai se instalar só por volta de 1709 e que vai se consolidar por volta de 1720", expli

Atividades do Projeto Girarte de Cataguases alcançam repercussão internacional

Com sede em Cataguases, projeto já atuou em mais de 85 municípios do Brasil e chega em 2020 no Chile


Com um sólido histórico de produtividade artística, o Projeto Girarte com sede na cidade de Cataguases-MG já beneficiou mais de 48.000 pessoas, atendeu mais de 90 escolas e esteve presente em mais de 85 municípios, dentre os estados de MG, RJ, MS, SP e PB, atuando em diferentes contextos, desde pátios de escolas e locais de difícil acesso, até grandes palcos como o do Theatro Santa Rosa na capital paraibana. 

Em julho deste ano o Projeto Girarte iniciou uma nova temporada via Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, com patrocínio máster da ENERGISA, além da empresa ZOLLERN que é apresentada como nova parceira e patrocinadora do Projeto. Só no estado de Minas Gerais serão visitados 13 municípios com a realização de oficinas artísticas, palestras culturais, apresentações cênicas e circulação de um novo espetáculo do Grupo de Pesquisa Girarte, além de workshops de capacitação para artistas envolvidos na execução do projeto. 

Em Cataguases o projeto atuou na E.M. Monsenhor Solindo, abrindo uma circulação que já passou por Argirita, Recreio, Além Paraíba e estará alcançando Leopoldina, São Sebastião da Vargem Alegre, Santana de Cataguases, Guiricema, Palma, Silveirânia, Ubá, Itamarati de Minas e Muriaé. Neste produtivo movimento do Projeto Girarte, o grande destaque será a oportunidade de realizar sua primeira circulação internacional, o grupo deste projeto cataguasense, recebeu um convite da organização chilena Fundación Súmate visando concretizar uma parceria de cooperação cultural internacional, viabilizando intercâmbio e apresentação de artistas do Projeto Girarte em Santiago capital do Chile.

“Para nós do Projeto Girarte é emocionante, estarmos diante desta oportunidade, mostrar nosso trabalho e levar o nome de nossa cidade para outro país através de uma iniciativa cultural, além de ser uma experiência de muito aprendizado e que irá contribuir de forma relevante com o desenvolvimento artístico do projeto. Serão mais de 8 profissionais que estarão embarcando juntos nesta proposta, e sem o apoio da Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho, patrocínio da Energisa e Zollern via Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais este sonho ficaria apenas em um convite. Estamos iniciando a montagem de um novo espetáculo com o tema “amor”, que visa estrear na cidade de Cataguases-MG em abril de 2020, pretendemos passar por Muriaé-MG e finalizaremos a temporada até julho de 2020 em Santiago capital do Chile, onde apresentaremos também toda nossa experiência no diálogo entre arte e educação, ressaltando além do trabalho artístico nosso trabalho social, sem falar que estamos estruturando a possibilidade de atividades junto ao Centro Cultural da embaixada brasileira no Chile. Este momento é de muita importância para o Projeto Girarte, pois reflete como reconhecimento e valorização de 5 anos de um trabalho contínuo, com a contribuição de muitos profissionais, e que se mantém em constante desenvolvimento no interior de Minas Gerais superando grandes desafios, buscando sempre novas parcerias e investimentos para se manter ativo e crescer perante todas adversidades que o setor cultural enfrenta em nosso país.” Relata o gestor cultural responsável pelo Projeto Girarte Marcus Diego, que no final de outubro viaja para o Chile para trabalhos de Pré-produção.






O Projeto Girarte ainda destaca que se encontra aberto para investimentos via LEIC/MG (ICMS) e LEI ROUANET (IR), as empresas e pessoas interessadas em apoiar, patrocinar e serem parceiras do Projeto Girarte podem estar entrando em contato pelo e-mail projetogirarte@yahoo.com.br ou pelo telefone (32) 98887-3531.




O Grupo de Pesquisa Girarte conta com uma equipe geral atualmente formada por Deliana Domingues, Fabiano Banna, Marcus Diego, Natália Barros e Tatiane Dias. Fernanda Pinheiro como Assistente Técnica Geral, Priscila Sandes na Orientação Artística Pedagógica, Daniel Marques (Juninho) como Motorista, tendo ainda trabalhos de condicionamento físico e práticas artísticas cotidianas ministradas por Elisângela Rodrigues e Mariana Martins.





Para mais informações sobre o projeto acesse www.projetogirarte.com.br ou siga pelas redes sociais Girarte Cataguases (Facebook) e @Projeto_Girarte (Instagram).

Abaixo a carta convite da Fundación Súmate de Santiago do Chile.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Girarte

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui