Pular para o conteúdo principal
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Morador de Leopoldina tem perna amputada e filho pede ajuda para compra de prótese

Familiares de Sílvio Bastos, 62, que mora em Leopoldina, lançaram campanha de arrecadação de fundos para comprar uma prótese para a perna direita Familiares do Sr. Sílvio Bastos, de 62 anos, residente em Leopoldina, iniciaram uma campanha de arrecadação de recursos para a compra de uma prótese para sua perna direita, amputada no início de 2020 devido a complicações relacionadas à diabetes. O filho do paciente, Jeferson, entrou em contato relatando a situação em busca de ajuda dos leitores e leitoras que acessam o jornal e informando sobre a “vaquinha”, aberta para tentar comprar a prótese. De acordo com o orçamento, datado de 7 de abril deste ano, a prótese para amputação transtibial, pé sach, encaixe em resina acrílica, reforço em carbono, sistema por pino de fixação com liner em silicone, tem o valor orçado em R$ 9.500,00. “Olá! Venho por meio deste avisar que estamos fazendo uma corrente do bem pra tentar comprar a prótese de meu pai”, escreveu Jeferson. “Meu pai veio sofrendo de di

Casal de Cataguases é preso em Matipó por estelionato e falsificação de produtos agrícolas

A Polícia Militar prendeu, nesta quarta-feira (14), em Matipó, na Zona da Mata Mineira, um casal que residia em Cataguases, suspeitos de estelionatos e falsificação de produtos agrícolas, na região e em outros estados.

Após denúncias, os suspeitos, um rapaz de 26 anos e sua namorada, de 24 anos, foram abordados na agência do Banco Sicoob localizada na Praça Independência, centro, em Matipó, no momento em que tentavam descontar um cheque adulterado. Segundo a PM, o cheque passado para o casal pela venda de produtos falsificados seria de R$ 200 e foi adulterado para R$ 3.200. A vítima, um idoso de 79 anos, residente na zona rural de Abre Campo, havia comprado os produtos no dia 12 de agosto, mas ao perceber que eram falsificados, sustou o cheque e registrou a ocorrência. 

Após busca pessoal foi localizado outros cheques com o suspeito, totalizando 21 cheques preenchidos com  valores diversos, a maioria deles no valor de R$ 200,00. Também foi encontrada, em uma bolsa, a quantia de R$ 35.169,10 em dinheiro, que também foi apreendida.

O casal estava temporariamente em uma casa alugada na cidade de Abre Campo. A casa foi vistoriada, sendo localizado blocos de notas fiscais “frias”, diversos rótulos adesivos para falsificação de fertilizantes líquidos, contabilidades de venda dos produtos falsificados, crachás falsificados de engenheiro agrônomo, com nome e foto do suspeito, uniformes com a inscrição “técnico em agropecuária”, além de galões com produtos falsificados.

Os policiais também contactaram a empresa proprietária da marca de fertilizantes “Absoluta Fertilizantes”, que informou que o suspeito já havia praticado o mesmo delito também nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, estimando os prejuízos da firma e de proprietários rurais, vítimas do estelionato, em mais de R$ 1 milhão.

Ainda conforme a PM, a jovem, namorada do suspeito, o acompanha na prática de delitos, tendo a vítima relatado que ela esteve em sua residência, se passando por engenheira agrônoma e dizia que os produtos falsificados eram bons e originais.  

Na ação, os policiais também apreenderam uma caminhonete S10, placas de Cardoso Moreira/RJ e uma máquina para operações com cartão de crédito que estava no interior do veículo. 

Todo material apreendido e os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil para as demais providências.


Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui