Proprietário de drogaria é preso em Pádua após vender comprimido abortivo para moradora de Cataguases

Um comerciante de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, foi preso em flagrante, depois de vender, para uma moradora de Cataguases, um medicamento utilizado ilegalmente para a indução do aborto. De acordo com informações, a prisão aconteceu na quinta-feira (21). Policiais Militares do 36º BPM já haviam sido alertados através de denúncia anônima e interceptaram o veículo GM Celta de aplicativo, no bairro Cidade Nova, onde viajava uma mulher, moradora de Cataguases, que levava consigo quatro comprimidos do medicamento abortivo. Ela alegou ter acabado de adquirir em uma drogaria que fica naquele mesmo bairro e que teria pago através de transferência bancária, realizada pelo companheiro, que determinou a interrupção da gestação. O comerciante foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil para as demais providências. Com informações e foto da Folha de Italva  

População deve estar atenta a Campanha de vacinação contra a gripe que termina no próximo dia 31

A campanha de vacinação termina no dia 31 deste mês e pessoas consideradas do grupo de risco devem procurar um dos postos de saúde da cidade ou a Policlínica para receberem a imunização. Devem se vacinar gestantes, crianças, trabalhadores de saúde, povos indígenas, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), idosos (a partir dos 60 anos), professores, pessoas portadoras de doenças crônicas e outras categorias de risco clínico, população privada de liberdade, incluindo adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medida socioeducativa e funcionários do sistema prisional.

A meta do Governo Federal é imunizar 58,6 milhões de pessoas, o que equivale a 90% dos pertencentes ao grupo de risco, até o fim da campanha. A Prefeitura de Cataguases está programando para os próximos dias três ações abertas ao público-alvo como forma de aumentar o número de pessoas imunizadas na cidade. Amanhã, dia 18, será realizada vacinação no bairro São Marcos. No próximo dia 22, feriado municipal, quando é comemorado o dia de Santa Rita, vai ser montada uma tenda de imunização na praça que recebe o nome da padroeira da cidade. Entre os dias 27 e 31 a Policlínica vai funcionar em horário estendido, entre 7h às 20h.


A coordenadora de vigilância em saúde, Amanda Souza, disse que a vacinação é fundamental para proteger não só o imunizado, mas também as pessoas ao seu redor. “Nós, da Secretaria Municipal de Saúde, estamos convocando todas as pessoas pertencentes aos grupos de risco a comparecerem ao posto de saúde mais próximo de casa ou a uma das nossas ações para se imunizar. A vacina é muito eficaz e oferece proteção contra os tipos de vírus mais agressivos da gripe, que podem levar a complicações como internação ou até ao óbito. Vacinar é um ato de responsabilidade consigo mesmo e com toda a sociedade”, disse.

Fonte:  Prefeitura de Cataguases

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases