Polícia Civil apura caso de estupro de vulnerável em Juiz de Fora

Uma ação foi deflagrada nesta segunda-feira (25/1) com o intuito de cumprir mandados de busca e apreensão em desfavor de um investigado, 30 anos. Nesta segunda-feira (25/1), a Polícia Civil de Minas Gerais cumpriu mandado de busca e apreensão em desfavor de um homem de 30 anos, suspeito de ter praticado estupro de vulnerável, no município de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. Após denúncia de que uma garota - que na época dos fatos tinha 11 anos - teria sido abusada sexualmente em uma escola pública na cidade, no final de novembro de 2018, policiais civis da Delegacia Especializada de Atendimento realizaram uma ação que resultou na apreensão de dois celulares, dois notebooks e de uma CPU, na residência do homem.  Conforme informações da delegada Ione Barbosa, a perícia está atuando na análise do material. “Até o momento, alguns materiais serão enviados para Belo Horizonte para serem analisados. O suspeito também está sendo ouvido e estamos no aguardo do resultado da perícia para to

Polícia Civil apreende armas e realiza maior apreensão de drogas de Juiz de Fora























A Polícia Civil de Minas Gerais realizou, em Juiz de Fora, na noite de terça-feira (21), a maior apreensão de drogas e armas do Estado deste ano. O anuncio foi realizado na manhã desta quarta-feira (22). 

Segundo informações da PC, investigações feitas pela Inspetoria Regional e pela Delegacia Antidrogas, levaram à prisão de um homem de 38 anos por tráfico internacional de drogas e tráfico internacional de armas durante a Operação "Murum". O homem estaria atuando em conjunto com traficantes do Rio de Janeiro, em um sítio no distrito de Torreões, onde depositava carregamentos de drogas e armas para serem distribuídas em Juiz de Fora e favelas do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Civil, o espaço era utilizado pela organização criminosa como um verdadeiro “porto seco”, onde carregamentos provindos do Paraguai, eram armazenados neste local e posteriormente, todo esse material seria repartido entre cidades mineiras e na capital fluminense.

No sitio foi localizado um caminhão com fundo falso, no qual estavam escondidas 35 armas, sendo 8 fuzis, cerca de 1000 munições e 3 Toneladas de maconha. Foi possível identificar que o material aprendido era provindo do Paraguai, através das caixas de munições encontradas.

O Delegado Regional, Dr. Armando Avolio, ressaltou a importância da apreensão e da operação realizada, uma vez que, além de retirar um arsenal bélico, de altíssimo poder de fogo,  da posse dos criminosos, não deixou entrar em circulação, 3 toneladas de drogas, considerada a maior quantidade de maconha já apreendida na cidade, pela Polícia Civil, dando fim ao esquema criminoso que fazia o uso da cidade mineira para guardar armas e drogas das facções criminosas cariocas. Dr. Rogério Woyame, Delegado titular da DEA, afirma que as investigações vão continuar para a identificação de mais integrantes do grupo criminoso.

O homem detido na ação, "W.S.M.", foi preso no local e teve sua prisão ratificada por tráfico internacional de drogas e tráfico internacional de armas, sendo encaminhado para uma unidade prisional.



Fonte: Assessoria de Comunicação da Polícia Civil

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases