Energisa utiliza helicóptero para inspeções na rede elétrica e garante agilidade em 95% dos serviços

Foram investidos R$ 180 mil para inspecionar 580 km de linhas. O compromisso da Energisa é a excelência no fornecimento de energia elétrica, serviço essencial para toda a população. Por isso, a empresa está investindo cada vez mais em tecnologia e modernizando a rede elétrica. Para agilizar as inspeções na rede, a Energisa Minas Gerais conta com equipamentos modernos e um helicóptero para inspeções visuais e termográficas aéreas nas linhas, garantindo maior rapidez. Dentro do planejamento estratégico de investimento na rede, no mês de março, foram inspecionados aproximadamente 580 km de linhas de transmissão, que interligam as subestações da área de concessão da Energisa em Minas Gerais, um investimento de cerca de R$ 180 mil. Utilizando equipamentos de alta tecnologia, com uma câmera das mais avançadas do mercado, acoplada ao helicóptero, é possível identificar, desde o estágio inicial, os locais onde ações corretivas devem ser realizadas de forma programada. A câmera de

Polícia procura autor de agressão a companheira na Vila São José em Dona Eusébia

A Polícia Militar está à procura de um homem de 23 anos, que espancou sua companheira de 34 anos, na madrugada desta terça-feira (2), na Vila São José, em Dona Eusébia.

Segundo informações do Registro da Ocorrência que o Site Mídia Mineira teve acesso, o crime aconteceu por volta das 5h30min da madrugada. A mulher estaria em um imóvel na Vila São José onde teria consumido droga e estaria namorando com outro homem, quando seu companheiro chegou repentinamente pela porta dos fundos e surpreendeu os dois, agredindo a vítima com socos na face, chegando a quebrar um vaso de vidro em seu rosto. O outro homem que se encontrava com a mulher, correu e se escondeu em um dos quartos até o marido ir embora. O agressor fugiu, tomando rumo ignorado.

A vítima foi socorrida pelo SAMU e conduzida para o Hospital de Cataguases em estado grave, onde foi transferida para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Conforme o site apurou a mulher já havia sofrido agressões de seu companheiro chegando a ser orientada pela PM a realizar o registro na Polícia Civil, mas aparentemente havia desistido.

A Polícia Militar está realizando diversos rastreamentos na tentativa de localizar o autor da agressão, que já é conhecido no meio policial.

Comentários

  1. Meu Deus , onde vamos parar. 😪. Sou vizinha da casa onde aconteceu o caso e ontem de manhã, por volta das 5:40 da manhã quando eu estava indo pro trabalho , o agressor passou por mim, descendo a Avenida. Conhecia muito bem a vítima e o agressor. 😪😪😪. Deus nos proteja.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases