Energisa utiliza helicóptero para inspeções na rede elétrica e garante agilidade em 95% dos serviços

Foram investidos R$ 180 mil para inspecionar 580 km de linhas. O compromisso da Energisa é a excelência no fornecimento de energia elétrica, serviço essencial para toda a população. Por isso, a empresa está investindo cada vez mais em tecnologia e modernizando a rede elétrica. Para agilizar as inspeções na rede, a Energisa Minas Gerais conta com equipamentos modernos e um helicóptero para inspeções visuais e termográficas aéreas nas linhas, garantindo maior rapidez. Dentro do planejamento estratégico de investimento na rede, no mês de março, foram inspecionados aproximadamente 580 km de linhas de transmissão, que interligam as subestações da área de concessão da Energisa em Minas Gerais, um investimento de cerca de R$ 180 mil. Utilizando equipamentos de alta tecnologia, com uma câmera das mais avançadas do mercado, acoplada ao helicóptero, é possível identificar, desde o estágio inicial, os locais onde ações corretivas devem ser realizadas de forma programada. A câmera de

Polícia prende casal e apreende drogas na Vila Reis

A Polícia Militar de Cataguases, prendeu uma jovem de 22 anos e seu namorado de 19 anos, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na tarde desta quarta-feira (12), em uma residência na Vila Reis.

Conforme informou a PM, a operação foi realizada por militares do 1° Pelotão da 146° Cia PM, sob o Comando do Ten Marinato. Após monitoramento da atividade de comercialização de substâncias entorpecentes, face às inúmeras denúncias recebidas, a equipe abordou do lado de fora da residência a mulher "A.C.S." e em seguida, dentro do imóvel o rapaz "I.C.N.O." de 19 anos.


Durante as buscas foram encontradas 30 pedras de crack embaladas para comercialização, uma bucha de maconha, 60 eppendorfs vazios (embalagem plástica para embalar cocaína), entre outros materiais utilizados para embalar drogas e para mistura com o intuito de aumentar o seu volume. Foram apreendidos também 3 telefones celulares e documentos de terceiros, comumente deixados como garantia de pagamentos futuros.

Os presos foram conduzidos para a Delegacia de plantão em Leopoldina para demais providências.



.
Fonte: 

Comentários

  1. Falar q os policiais atiraram num cachorro indefeso ninguem fala

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases