Energisa utiliza helicóptero para inspeções na rede elétrica e garante agilidade em 95% dos serviços

Foram investidos R$ 180 mil para inspecionar 580 km de linhas. O compromisso da Energisa é a excelência no fornecimento de energia elétrica, serviço essencial para toda a população. Por isso, a empresa está investindo cada vez mais em tecnologia e modernizando a rede elétrica. Para agilizar as inspeções na rede, a Energisa Minas Gerais conta com equipamentos modernos e um helicóptero para inspeções visuais e termográficas aéreas nas linhas, garantindo maior rapidez. Dentro do planejamento estratégico de investimento na rede, no mês de março, foram inspecionados aproximadamente 580 km de linhas de transmissão, que interligam as subestações da área de concessão da Energisa em Minas Gerais, um investimento de cerca de R$ 180 mil. Utilizando equipamentos de alta tecnologia, com uma câmera das mais avançadas do mercado, acoplada ao helicóptero, é possível identificar, desde o estágio inicial, os locais onde ações corretivas devem ser realizadas de forma programada. A câmera de

Operação conjunta das polícias Civil e Militar prende 18 Pessoas em Ubá e região


Nesta quinta-feira (20), a Polícia Civil de Minas Gerais, em uma ação integrada com a Polícia Militar, deflagrou a operação “Piratas do Coroado”, visando o cumprimento de 33 mandados de busca e apreensão em Ubá, Visconde do Rio Branco, Guidoval, Senador Firmino e Divinesia. Além disso, foram cumpridos 11 mandados de prisão em desfavor de suspeitos de homicídio, roubo e tentativa de latrocínio. Também foi cumprido um mandado de internação em desfavor de uma jovem de 17 anos por ter cometido ato infracional análogo ao crime de roubo. “O nome da operação faz alusão aos piratas, tendo em vista que são assaltantes, e coroado, por conta da primeira tribo indígena de Ubá”, informou o Delegado Regional de Ubá (2ª DRPC), Dr. Diêgo Candian Alves.

Conforme informações da autoridade policial, a manobra resultou na prisão de 18 pessoas, entre elas, por cumprimento dos mandados de prisão, cinco suspeitos em flagrante por tráfico, um preso por posse ilegal de arma de fogo e outro por receptação de veículo. Também foram apreendidos duas armas de fogo, um coldre de arma de fogo, 150 g de cocaína, 62 pinos da mesma droga, 68 buchas de maconha, três grandes tabletes de maconha, duas pedras de crack, uma balança de precisão, cerca de R$4 mil, um veículo clonado e  capacetes, bonés e celulares (possivelmente utilizados por suspeitos de roubos na cidade). 


A ação foi deflagrada por 44 policiais civis da 2ª DRPC de Ubá e regionais, com apoio de policiais civis da Delegacia Regional de Viçosa, bem como por 82 policiais militares, com apoio do canil da Polícia Militar em Juiz de Fora, e do helicóptero da PCMG.






Fonte: Assessoria de Comunicação da Polícia Civil

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases