Energisa lança pagamento de contas de luz via Pix

Empresa é a primeira do setor elétrico a incluir QR Code Pix nas faturas impressas A Energisa oferece mais um serviço digital financeiro para facilitar o dia a dia de seus clientes: o pagamento das contas de luz dos consumidores da Energisa em Minas já pode ser realizado pelo sistema Pix. Com a solução inovadora, a Energisa torna-se a primeira empresa do setor elétrico a incluir o QR Code nas faturas impressas. “Nossa expectativa é atender cerca de 470 mil clientes na área de concessão da Energisa em Minas Gerais. Mais do que fornecer energia, estamos atuando para aprimorar o atendimento ao cliente. A digitalização de serviços financeiros é fundamental tornar a vida das pessoas mais ágil. O pagamento com o código Pix é seguro, fácil e rápido”, afirma o diretor-presidente da Energisa Minas Eduardo Mantovani. O serviço também está disponível para quem tem acesso à conta digital de serviços bancários e financeiros, Voltz. “A Energisa vem se consolidando como uma empresa compl

Defesa Civil e Corpo de Bombeiros reiniciam buscas por criança desaparecida no Rio Pomba em Cataguases

As buscas pelo corpo do menino Davi Lucas Brito, 6 anos, desaparecido no final da tarde deste sábado (24), recomeçaram esta manhã.

Segundo informações de testemunhas ele, uma outra criança com idade não informada e um adolescente de 14 anos, nadavam próximo ao local conhecido como "Prainha", no bairro Ana Carrara quando o menino submergiu e não foi mais visto.

Na noite deste domingo (25), a Defesa Civil de Cataguases postou nota em Rede Social esclarecendo que ainda não obtiveram êxito na procura. Segundo a nota, os trabalhos iniciaram às 7 horas e estão sendo coordenados pelo Corpo de Bombeiros de Leopoldina. "É um trabalho cansativo e muito triste, pois queremos fazer tudo para encontrar, mas infelizmente as coisas não são como queremos" diz o texto.

Neste domingo foi realizada varredura do local onde o fato ocorreu. Eles também desceram até próximo à laje de pedras mais abaixo, pois como foi explicado, como a criança era pequena, existe a possibilidade do corpo ter descido e ficado agarrado, mas o local é de risco para mergulho.

A Defesa Civil esclareceu ainda que a criança desapareceu em um horário crítico para buscas e que devido o alto grau de risco no local, as buscas seguem normas técnicas.

Conforme nota do Corpo de Bombeiros, "Toda ação está sendo realizada atendendo as técnicas e legislação institucional e só serão interrompidas após encontrar o menino".

*Foto: Defesa Civil Cataguases


Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases