Proprietário de drogaria é preso em Pádua após vender comprimido abortivo para moradora de Cataguases

Um comerciante de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, foi preso em flagrante, depois de vender, para uma moradora de Cataguases, um medicamento utilizado ilegalmente para a indução do aborto. De acordo com informações, a prisão aconteceu na quinta-feira (21). Policiais Militares do 36º BPM já haviam sido alertados através de denúncia anônima e interceptaram o veículo GM Celta de aplicativo, no bairro Cidade Nova, onde viajava uma mulher, moradora de Cataguases, que levava consigo quatro comprimidos do medicamento abortivo. Ela alegou ter acabado de adquirir em uma drogaria que fica naquele mesmo bairro e que teria pago através de transferência bancária, realizada pelo companheiro, que determinou a interrupção da gestação. O comerciante foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil para as demais providências. Com informações e foto da Folha de Italva  

Zona da Mata elege 5 Deputados Federais

Dos 63 candidatos da Zona da Mata que pleitearam uma das 53 vagas mineiras para a Câmara dos deputados, apenas 5 conseguiram êxito, sendo 4 de Juiz de Fora e 1 de Muriaé.

De juiz de Fora foram reeleitos os deputados Júlio Delgado (PSB) e Margarida Salomão (PT). Charlles Evangelista (PSL) que é vereador foi uma das novidades e Lafayette Andrada (PRB) passa de estadual para federal. 

A outra vaga ficou com Misael Varella, de Muriaé, que foi reeleito com a metade dos votos que obteve em 2014 obtendo 128.537 votos contra 258.363 do pleito anterior, mas mesmo assim foi o deputado federal mais votado da Zona da Mata.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases