Proprietário de drogaria é preso em Pádua após vender comprimido abortivo para moradora de Cataguases

Um comerciante de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, foi preso em flagrante, depois de vender, para uma moradora de Cataguases, um medicamento utilizado ilegalmente para a indução do aborto. De acordo com informações, a prisão aconteceu na quinta-feira (21). Policiais Militares do 36º BPM já haviam sido alertados através de denúncia anônima e interceptaram o veículo GM Celta de aplicativo, no bairro Cidade Nova, onde viajava uma mulher, moradora de Cataguases, que levava consigo quatro comprimidos do medicamento abortivo. Ela alegou ter acabado de adquirir em uma drogaria que fica naquele mesmo bairro e que teria pago através de transferência bancária, realizada pelo companheiro, que determinou a interrupção da gestação. O comerciante foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil para as demais providências. Com informações e foto da Folha de Italva  

Eleição em Cataguases transcorreu dentro da normalidade




A eleição em Cataguases e nos demais municípios que compõe a 79º Zona Eleitoral (Dona Eusébia, Itamarati de Minas e Santana de Cataguases), foi a informação passada pelo juiz eleitoral da comarca, Dr. Eduardo Thebit Dolabela e pelo comando da 146ª Cia de PM Independente, Major Willian Machado e pelo comandante do 1º Pelotão de Cataguases, Tenente Marinato.

As primeiras urnas chegaram para apuração por volta das 17h30 no Cartório Eleitoral localizada na Rua Cel. Antônio Augusto Souza Filho, 155, no centro de Cataguases. Segundo informou a PM, houve duas prisões por boca de urna, uma no bairro Dico Leite em Cataguases e outra no Município de Dona Eusébia. Sobre as denúncias de que eleitores não estariam conseguindo registrar o voto para determinado candidato a presidente, Tenente Marinato disse que em Cataguases houve 3 denuncias formais, que foram tratadas administrativamente.



Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases