Notícia

Dois vereadores e seis ex-vereadores de Cataguases são condenados em primeira instância por peculato

Dois vereadores em exercício e outros seis ex-vereadores de Cataguases, foram condenados pela justiça, em primeira instância, a prisão e pagamento de multa pelo crime de peculato (desvio de dinheiro público). A sentença saiu nesta sexta-feira (22).
O processo se refere a legislatura entre os anos de 2005 a 2008, quando os então vereadores: Antônio Batista Pereira (Beleza), Fausto Severino de Castro, Fernando Rodrigues do Amaral, João do Carmo Lima (Boiadeiro), José Augusto Guerreiro Titoneli, Michelângelo de Melo Correa, Ricardo Geraldo Dias e Sérgio Luiz (Ratinho), segundo denúncia do Ministério Público, teriam utilizado de verba de gabinete de forma irregular, para custeio de despesas particulares. O fato ocorreu, devido as resoluções 04/2004, 02/2005 e 01/2006, que autorizava os vereadores a realizarem gastos com combustíveis sem justificativa ou comprovação documental de sua relação com o exercício da atividade legislativa. O juiz João Carneiro Duarte Neto considerou as resoluções …
Drogaria Santa Rita
Banner cadastramento cartão SUS
   

Polícia prende casal de jovens por tráfico de drogas no bairro primavera em Cataguases

A Polícia Militar de Cataguases prendeu um casal por tráfico de drogas no bairro Primavera, na noite deste domingo (23).

Segundo a PM, uma denuncia anônima levou a equipe composta pelos Sargentos Priscila e Correia em um beco, conhecido como "Beco da Misti". Chegando ao local, os militares perceberam que um rapaz de 23 anos correu para o interior da residência e arremessou algo por uma janela. Em seguida, o jovem retornou e franqueou a entrada dos policiais à residência na presença de testemunhas. No interior do imóvel, a equipe encontrou uma bucha grande de maconha, vários pinos utilizados para acondicionar cocaína, grande quantidade de saquinhos plásticos, normalmente utilizados para embalar drogas, vários cordões de prata, dezessete telefones celulares, uma furadeira da marca BOSCH, uma munição, um simulacro de arma de fogo, além de R$ 668,35 em dinheiro.

Na parte externa, onde o suspeito arremessou o objeto, os policiais encontraram três pedras de tamanho considerável, análogas a crack (foto abaixo). 


O jovem recebeu voz de prisão em flagrante por tráfico ilícito de drogas, juntamente com sua namorada, de 18 anos, que o acompanhava.  Ambos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de plantão em Leopoldina, onde tiveram o flagrante ratificado.

Comentários

Postar um comentário

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases