Proprietário de drogaria é preso em Pádua após vender comprimido abortivo para moradora de Cataguases

Um comerciante de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, foi preso em flagrante, depois de vender, para uma moradora de Cataguases, um medicamento utilizado ilegalmente para a indução do aborto. De acordo com informações, a prisão aconteceu na quinta-feira (21). Policiais Militares do 36º BPM já haviam sido alertados através de denúncia anônima e interceptaram o veículo GM Celta de aplicativo, no bairro Cidade Nova, onde viajava uma mulher, moradora de Cataguases, que levava consigo quatro comprimidos de Cytotec. Ela alegou ter acabado de adquirir em uma drogaria que fica naquele mesmo bairro e que teria pago através de transferência bancária, realizada pelo companheiro, que determinou a interrupção da gestação. O comerciante foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil para as demais providências. Com informações e foto da Folha de Italva  

Familiares e amigos de Bolsonaro estão em Juiz de Fora; Polícia suspeita de mais dois envolvidos no atentado


A esposa do presidenciável Jair Bolsonaro, Michelle Bolsonaro e os filhos Carlos Bolsonaro e Flávio Bolsonaro estão em Juiz de Fora acompanhando o candidato que sofreu uma tentativa de homicídio na tarde de ontem (6).

Três médicos do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo também chegaram na noite de quinta para avaliar o estado de Bolsonaro, mas eles descartaram a possibilidade de transferência por enquanto. Segundo os médicos a pressão do paciente precisa se estabilizar para que seja segura a transferência. Uma nova avaliação está marcada para hoje às 8 horas.

Pelo Twitter o filho Flávio Bolsonaro disse ontem às 18 horas que o ferimento havia sido mais grave do que ele imaginava inicialmente. "Infelizmente foi mais grave que esperávamos. A perfuração atingiu parte do fígado, do pulmão e da alça do intestino. Perdeu muito sangue, chegou no hospital com pressão de 10/3, quase morto... Seu estado agora parece estabilizado. Orem, por favor!", disse.

Nesta madrugada o filho postou uma foto do pai tranquilizando a população: "Jair Bolsonaro está mais forte do que nunca e pronto para ser eleito Presidente do Brasil no 1° TURNO! Deus acaba de nos dar mais um sinal de que o bem vencerá o mal! Obrigado a todos que nos deram força nesse momento muito difícil! Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!", destacou.

O Senador Magno Malta também esteve na Santa Casa em Juiz de Fora para prestar solidariedade à família. O ator Alexandre Frota também esteve na cidade.

Mais suspeitos presos

A Polícia Militar deteve ontem e encaminhou para interrogatório na Polícia Federal outros dois suspeitos de planejarem o crime contra Bolsonaro juntamente com Adélio Bispo de Oliveira. O autor já foi encaminhado ao Ceresp de Juiz de Fora.


Um dos coordenadores da campanha de Bolsonaro, o deputado federal Delegado Francischini (PSL), encaminhou representação a Polícia Federal para saber se o crime foi político uma vez que o autor era filiado ao PSOL. "Queremos saber se tem um autor intelectual", disse.

Leia também:

Jair Bolsonaro sofre atentado em Juiz de Fora

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases