Após denúncia MP irá apurar descumprimento de protocolo na vacinação contra a Covid-19 em Cataguases

Vereador Rafael Moreira solicitou nome das pessoas que foram vacinadas, mas não foi atendido A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Cataguases, por meio da Promotora de Justiça Amanda Merlini Dutra Osipe, instaurou procedimento para apurar eventual descumprimento dos Planos Nacional e Estadual de Vacinação contra a Covid-19, pelo Município de Cataguases nesta sexta-feira (22). Conforme Nota Pública daquela procuradoria, enviada para a redação do Site Mídia Mineira, o objetivo de tal procedimento será apurar se pessoas que não se enquadram no grupo prioritário eleito pelas autoridades  sanitárias foram beneficiadas com a imunização. Confira a nota na íntegra no final da matéria. A administração terá 24 horas para enviar os seguintes documentos: Encaminhar a relação de pessoas que já foram ou serão imunizadas, indicando o nome completo e qual o grupo prioritário pertence; Informar quantas doses foram destinadas a cada grupo prioritário; Explicar se foi possível vacinar todos os idosos

Operação da PM na Vila Leonardo e Ana Carrara prende dois e apreende drogas

Uma operação do 1º Pelotão da 146ª Cia PM de Cataguases na Vila Leonardo e bairro Ana Carrara, com o objetivo de inibir a práticas de delitos e combater o tráfico de drogas culminou com a prisão de duas pessoas na sexta-feira (3). 

Por volta das 15  horas, um rapaz de 23 anos o qual os policiais já sabiam da existência de mandado de prisão foi reconhecido quando transitava ele Avenida José Leonardo.  Ele ainda tentou fugir, atravessando a linha férrea, um matagal e se jogando no Rio Pomba, mas foi alcançado e preso pelos militares. Durante a fuga, o rapaz engoliu várias pedras de crack, necessitando passar por atendimento médico antes de ser conduzido para a 27ª Delegacia de  Polícia Civil e ao Presídio de Cataguases.

Mais tarde, por volta das 18 horas, durante incursão no bairro Ana Carrara, a equipe da Patrulha de Operações avistou, em via pública, um homem de 38 anos em atitude suspeita. Ao perceber a presença policial ele demonstrou sinais de nervosismo e ao ser determinado que se posicionasse para receber busca pessoal ele saiu correndo em direção a sua residência. Os militares, no entanto, conseguiram alcançar e prender o suspeito. Como a casa para onde o suspeito correu já constava denuncias no banco de dados da PM relativas à venda de drogas, foi realizada busca no local sendo encontradas três balanças de precisão, uma porção de maconha, uma faca e um canivete com resquícios de maconha, além da quantia aproximada de R$ 72,00 em cédulas de pequeno valor. Diante das evidências, o homem recebeu voz de prisão em flagrante pela prática de venda de drogas (artigo 33 da Lei 11.343/2006) e foi conduzido para a Delegacia de Plantão em Leopoldina para as providências de praxe.

Participaram da operação: Tenente Marinato, Sargento Priscila, Sargento Correia e Cabo Renan.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases