Pular para o conteúdo principal
Unipac
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Câmara de Dona Euzébia rejeita parecer do TCEMG e aprova contas de 2014 do ex-prefeito Mazinho

Decisão aconteceu após o ex-prefeito apresentar defesa em plenário. Nesta quinta-feira (2), os vereadores de Dona Euzébia rejeitaram o parecer do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) e aprovaram as contas do ex-prefeito da cidade, Itamar Ribeiro Toledo, o Mazinho, referente ao exercício de 2014. No dia 12 de agosto, os vereadores realizaram uma votação para analisar o parecer do TCE, mas a mesma foi anulada pelo próprio TCE, devido a falta de quórum e a ausência de defesa do ex-prefeito. Na ocasião, a Comissão de Finanças havia acompanhado o parecer do TCE, mas após o comparecimento de Mazinho, dentro do prazo regimental, os vereadores aceitaram os argumentos, fazendo com que a maioria dos membros da comissão mudassem o voto, deixando os demais edis à vontade para rejeitar o parecer por 6 votos a 3. Não é a primeira vez que a Câmara de Dona Euzébia rejeita um parecer do TCEMG.  O fato já ocorreu em outras duas oportunidades, quando os vereadores rejeitaram o parecer do

Caminhão com aparelho de ressonância magnética pega fogo em Recreio; Hipótese de incêndio criminoso não foi descartada


Um caminhão Mercedes Benz estava estacionado na Rua Leopoldina, no Bairro Sebastião Dadu Arruda em Recreio, pegou fogo na madrugada desta quarta-feira (18). As chamas foram controladas pelo Corpo de Bombeiros de Leopoldina. Não há registro de vítimas.

De acordo com as informações, os militares do 4º Pelotão de Bombeiros Militar, sediado em Leopoldina, foram acionados por volta de 1h00 para atenderem a ocorrência, nas proximidades do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) daquele município. O caminhão estava carregado com cerca de 6 toneladas, sendo 2.500 kg de placas de veículos e um aparelho de ressonância magnética. 

Segundo a corporação, após debelar o incêndio foi realizado o trabalho de rescaldo, evitando a reignição das chamas. Aproximadamente 4 mil litros de água foram usados no combate ao fogo. 


A causa do incêndio não foi confirmada, porém não foi descartada a hipótese de que o fato teria sido criminoso.

Com informações e fotos de O Vigilante Online

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui